Desenho e criatividade na infância. Os ateliês de desenho da "Escola Imaxinada"

Main Article Content

Vicente Blanco Mosquera
https://orcid.org/0000-0002-5767-4116
Salvador Cidrás

Resumo

A prática do desenho na escola reflete um contexto de falta de interesse e de promoção da  Educação Artistica nas escolas, fatores que tem impactado na escassa formação de professores da área. Neste artigo, inicialmente analisamos duas visões de desenho fortemente enraizadas no contexto escolar que inibem a criatividade: "desenho de copia" e "desenho livre". A seguir, compartilhamos uma série de ateliês de desenho realizadas com meninos e meninas como resultado de nossa pesquisa artística e educacional como artistas e professores que atuam com a formação docente em uma Universidade. Estes ateliês baseiam-se nos processos criativos próprios das artes e partem do desenho como uma ação de exploração que nos permite nos relacionar com o mundo que nos rodeia. Todos compartilham uma série de características: a) incidir na ideia de processo, ou seja, descobrir formas abertas de fazer as coisas que não buscam um único resultado; b) experimentar diferentes materiais artísticos, técnicas e linguagens; c) favorecer a criação de um estilo imaginário e pessoal, afastando-se de respostas estereotipadas e convencionais; d) e educar o senso estético.

Metrics

Carregando Métricas ...

Article Details

Como Citar
MOSQUERA, V. B.; CIDRÁS, S. Desenho e criatividade na infância. Os ateliês de desenho da "Escola Imaxinada". Olhar de Professor, v. 24, p. 1-15, 24 abr. 2021.
Seção
Práticas artísticas contemporâneas, crianças e docência: experiências estéticas
Biografia do Autor

Vicente Blanco Mosquera

Vicente Blanco é artista e professor da área de Expressão Plástica da Universidade de Santiago de Compostela (USC) da Faculdade de Formação de Professores de Lugo. Bacharel em Belas Artes pela Universidade de Vigo e Doutor em Belas Artes.

Salvador Cidrás, Universidade de Santiago de Compostela

Salvador Cidrás é artista plástico e professor da área de Expressão Plástica da Universidade de Santiago de Compostela (USC) da Faculdade de Formação de Professores de Lugo. Bacharel em Belas Artes pela Universidade de Vigo e PhD em Humanidades (USC).

Referências

AGUIRRE, I. Teorías y prácticas en educación artística. Barcelona: Octaedro, 2005.
ATKINSON, D. Art in education: Identity and practice. Dordrecht: Kluwer Academic Publishers, 2002.
BLANCO, V.; CIDRÁS, S. Educar a través da arte. Cara a unha escola imaxinada. Pontevedra: Kalandraka, 2019.
BLANCO, V.; CIDRÁS, S. Dibujar el mundo. Jugar crear compartir. Barcelona: Octaedro, 2021
BORDES, J. La infancia de las vanguardias. Madrid: Ediciones Cátedra, 2007.
KENT, C., STEWARD, J. (2019) Observar Conectar Celebrar. Las enseñanzas sobre creatividad de Sister Corita. Barcelona: Gustavo Gil, 2019.
LOWENFELD, V. y BRITTAIN, L. W. Desarrollo de la capacidad intelecutal y creativa. Madrid: Síntesis, 2008.
MATTHEWS, J. Drawing and Painting: Children and Visual Representation. London: SAGE Publications, 2003.
WEB SITE ESCOLA IMAXINADA. Disponível em: . Acesso em: 05/02/21.