Diretrizes curriculares para a formação de professores: a práxis freiriana em perspectiva

Main Article Content

Elisabete Ferreira Esteves Campos
https://orcid.org/0000-0002-2023-0714

Resumo

Este artigo aborda a formação docente, com o objetivo de apresentar considerações sobre os pressupostos que embasam as indicações de atividades práticas nas atuais Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação de professores nos cursos de licenciatura. Com base nos referenciais de Freire, discute-se a histórica dissociação entre teoria e prática, concluindo que predominam, nas Diretrizes Curriculares, abordagens utilitaristas e pragmáticas que se afastam de uma formação emancipatória. Assumir a práxis como categoria central na formação docente potencializa o engajamento de estudantes e docentes na luta por mudanças efetivas, tendo em vista um projeto de educação mais humanizado, democrático e ético.

Metrics

Carregando Métricas ...

Article Details

Como Citar
CAMPOS, E. F. E. Diretrizes curriculares para a formação de professores: a práxis freiriana em perspectiva. Olhar de Professor, v. 24, p. 1-19, 1 maio 2021.
Seção
Caderno temático: A atualidade do Pensamento de Paulo Freire
Biografia do Autor

Elisabete Ferreira Esteves Campos, Universidade Metodista de São Paulo

Doutora em Educação pela Universidade de São Paulo-USP. Docente e pesquisadora no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação da Universidade Metodista de São Paulo-UMESP.