A fotografia artística e as tecnologias digitais como prática na Educação de Jovens e Adultos em tempos de COVID-19

Main Article Content

Nubia Carla Ferreira Cabau
https://orcid.org/0000-0002-8179-4898
Maria Luisa Furlan Costa
https://orcid.org/0000-0002-7838-0459
Patrícia Lakchmi Leite Mertzig Gonçalves de Oliveira
https://orcid.org/0000-0002-1793-004X

Resumo

O presente texto se configura como um relato experiência ocorrido com uma turma da Educação de Jovens e Adultos (EJA), na disciplina de Arte, que envolveu conteúdos de Fotografia. A metodologia utilizada foi a Unidade Didática. Esta foi dividida em quatro etapas: apresentação da situação, produção inicial, módulos ou oficinas e produção final. As aulas foram desenvolvidas em quatro turmas de EJA, séries iniciais, e contaram com 10 alunos por turma, totalizando o número de 40 alunos, com faixa etária entre 16 e 40 anos. A experiência ocorreu em contexto presencial, mas, por utilizar as Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs), é possível realizá-lo no contexto atual do ensino remoto emergencial. Concluímos que a aprendizagem foi significativa aos estudantes e as mídias utilizadas contribuíram para ampliar o acesso às tecnologias digitais. Observamos a necessidade de a Educação Básica incluir de maneira mais consistente as TICs no cotidiano escolar, bem como fomentar esse conteúdo em cursos de formação de professores.

Metrics

Carregando Métricas ...

Article Details

Como Citar
CABAU, N. C. F.; COSTA, M. L. F.; OLIVEIRA, P. L. L. M. G. DE. A fotografia artística e as tecnologias digitais como prática na Educação de Jovens e Adultos em tempos de COVID-19. Olhar de Professor, v. 24, p. 1-8, 29 maio 2021.
Seção
Caderno Temático: Covid 19 - Educação em tempo de Pandemia (Volume 2)
Biografia do Autor

Nubia Carla Ferreira Cabau, Secretaria Estadual de Educação

Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Maringá (UEM). Graduada em música pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) e em Educação Artística pela Universidade Norte do Paraná. Formada em piano com aperfeiçoamento pela UEM. Especialista em Educação Especial e Educação Musical pela UEL. É professora do quadro próprio do magistério do Estado do Paraná e atua como Tutora Virtual na UAB-UfSCar. Pesquisadora e membro do grupo de pesquisa GPEaDTEC.

Maria Luisa Furlan Costa, Universidade Estadual de Maringá - UEM

Professora adjunta do Departamento de Fundamentos e Práticas da Educação (DFE) e do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPE) da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Diretora do Núcleo de Educação a Distância da Universidade Estadual de Maringá e Coordenadora do Programa Universidade Aberta do Brasil no âmbito dessa instituição. Doutora em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar da Universidade paulista Julio de Mesquita Filho (Unesp/Araraquara), Líder do Grupo de Pesquisa Educação a Distância e as Tecnologias Educacionais/CNPQ.

Patrícia Lakchmi Leite Mertzig Gonçalves de Oliveira, Universidade do Oeste Paulista (Unoeste) - Presidente Prudente

Doutora em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Mestre em Educação UEM. Graduada em Música pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Professora do curso de Música (presencial) e Pedagogia (modalidade a Distância) da Universidade do Oeste Paulista (Unoeste) em Presidente Prudente, SP. Presidente da Comissão Científica do Fórum Latino-americano de Educação Musical na seção Brasil (FLADEM Brasil). Integrante do Grupo de Pesquisa Educação a Distância e as Tecnologias Educacionais/CNPQ.