1932: águas redivididas

  • Luis Fernando Cerri Universidade Estadual de Ponta Grossa - UEPG
Palavras-chave: História e Ensino, Regionalismo, Currículo e Poder, Revolução de 1932, Metodologia do Ensino

Resumo

Este texto propõe e defende a importância da metodologia da pesquisa em história para a pesquisa do ensino desta disciplina como possibilidade de investigação para os sucessos e impasses desta área. Nesse sentido, coloca-se o estudo da construção de 1932 como fato histórico e os embates que o tornam um conteúdo ensinável na escola, bem como as variações sobre a participação desta temática, nos currículos, nos diferentes estados da federação e ao longo do tempo. Procura-se, assim, contribuir para a elucidação das relações entre currículo de história, poder, classes sociais e intelectuais.
Publicado
2009-04-07
Como Citar
CerriL. F. 1932: águas redivididas. Olhar de Professor, v. 1, n. 1, 7 abr. 2009.
Seção
Artigos