AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM NA BNCC PARA LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS: UM ESTUDO INTERPRETATIVO

Resumo

Este estudo propõe uma reflexão acerca da avaliação da aprendizagem de língua portuguesa na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) para linguagens e suas tecnologias no Ensino Médio. Para este fim, traça-se um aparato teórico que envolve a perspectiva dialógica da linguagem, as considerações sobre ensino e escola reflexivos, bem como os olhares antigos e atuais sobre a avaliação. Em linhas gerais, observou-se que a avaliação da aprendizagem está presente na BNCC a partir de outros termos, como análise crítica, decisões orientadas, compreensão, valores e configurações sociais, e que os estudos dialógicos, principalmente no tocante à noção de alteridade, integram indiretamente as concepções de linguagem e avaliação do documento.

Biografia do Autor

André Luiz Santos Praxedes, Universidade Federal de Alagoas

Graduado em Letras/Português pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Membro do Grupo de Estudos Discurso, Ensino e Aprendizagem de Línguas e Literaturas (GEDEALL/UFAL).

Silvio Nunes da Silva Júnior, Universidade Federal de Alagoas - UFAL

Doutor e mestre em Linguística pelo Programa de Pós-graduação em Linguística e Literatura da Universidade Federal de Alagoas (PPGLL/UFAL). Professor efetivo da Secretaria Municipal de Educação de Palmeira dos Índios/AL e professor substituto da UFAL e da Universidade de Pernambuco (UPE). Pesquisador do Grupo de Estudos Discurso, Ensino e Aprendizagem de Línguas e Literaturas (GEDEALL/CNPq/UFAL) e é um dos líderes do Grupo de Estudo das Narrativas Alagoanas (GENA/CNPq/UNEAL). 

Rita de Cássia Souto Maior, Universidade Federal de Alagoas

Professora associada da Faculdade de Letras da Universidade Federal de Alagoas (FALE/UFAL) na Graduação e na Pós-graduação. Doutora e mestre em Linguística pelo Programa de Pós-Graduação em Linguística e Literatura (PPGLL/UFAL), foi licenciada em Letras/Português na mesma Universidade. Realizou estudos de pós-doutoramento no Programa de Pós-graduação em Linguística (PPGL/UFC) pela Universidade Federal do Ceará. Atualmente é diretora da Faculdade de Letras/UFAL, coordenadora do GT Ensino e Aprendizagem na Perspectiva da Linguística Aplicada (EAPLA/ANPOLL) e é secretária da Associação Brasileira de Linguística (ABRALIN). Participa e é uma das líderes do Grupo de Estudos Discurso, Ensino e Aprendizagem de Línguas e Literatura (GEDEALL/UFAL) e integra, como participante, o Grupo de Estudos e Pesquisas em Linguística Aplicada (GEPLA/UFC).

Geison Araújo Silva, Universidade Federal de Alagoas

Mestrando em Linguística (ênfase em Linguística Aplicada) no Programa de Pós-Graduação em Linguística e Literatura da Universidade Federal de Alagoas (PPGLL/UFAL). É Pesquisador Bolsista FAPEAL/CAPES. Graduado em Letras Português pela Universidade Estadual do Piauí (2018). Foi bolsista no Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid) - subprojeto Letras do Delta. É Membro do Grupo de Estudos Discurso, Ensino e Aprendizagem de Línguas e Literaturas - GEDEALL (CNPq/UFAL). 

Publicado
2021-09-04
Seção
Artigos Tema Livre