O PROCESSO DE ORGANIZAÇÃO INTRATÓPICA EM EDITORIAIS DO JORNAL O ESTADO DE S. PAULO PUBLICADOS NA PRIMEIRA METADE DO SÉCULO XX

Resumo

A organização tópica é a organização de um texto em tópicos hierarquicamente inter-relacionados e a construção e linearização de grupos de enunciados que desenvolvem esses tópicos. Chama-se de segmento tópico mínimo cada grupo de enunciados que desenvolve um dos tópicos mais específicos da hierarquização tópica do texto, e a combinação de enunciados dentro desses segmentos mínimos constitui a denominada organização intratópica. Inserido no âmbito teórico-metodológico da Gramática Textual-Interativa, este trabalho tem o objetivo de analisar a organização intratópica de editoriais da primeira metade do século XX do jornal O Estado de S. Paulo. Os resultados apresentados indicam que tais editoriais seguem uma regra geral de organização intratópica, fundada na combinação entre as unidades de posição e suporte, as quais se caracterizam por uma oposição entre maior e menor grau de abrangência temática, respectivamente.

Biografia do Autor

Eduardo Penhavel, Universidade Estadual Paulista (UNESP/IBILCE)
É licenciado em Letras e mestre em Estudos Linguísticos pela Universidade Estadual Paulista (UNESP) e doutor em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Atualmente, é professor da UNESP, câmpus de São José do Rio Preto, onde atua junto ao Departamento de Estudos Linguísticos e Literários.
Publicado
2021-05-25
Seção
Artigos Tema Livre