A INTERAÇÃO DIALÓGICA EM AMBIENTES VIRTUAIS DE CURSOS A DISTÂNCIA

Resumo

O presente artigo apresenta resultados parciais da pesquisa Observatório Tecnologias Digitais e Educação, desenvolvida na Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), que teve como objetivo discutir a interação dialógica nos ambientes virtuais de um curso de graduação a distância. Foram analisadas 285 mensagens postadas em Fóruns de Discussão do Ambiente Virtual de Aprendizagem, considerando as categorias comunicação, participação e colaboração. Os dados foram coletados e analisados segundo uma abordagem dialético-histórica e indicam que, apesar dos avanços da Educação Aberta e a Distância, as práticas ainda são convencionais e monológicas, centradas no professor. Assim, há uma tendência de se reproduzir no virtual, com uma nova roupagem, práticas convencionais e ultrapassadas, centradas no papel ativo do professor.

Biografia do Autor

Fabia Magali Santos Vieira, Universidade Estadual de Montes Claros - Unimontes
Doutora em Educação - Linha de Pesquisa: EDUCAÇÃO, MÍDIAS E MEDIAÇÕES CULTURAIS- FE/UnB (2009). Mestre em Ciência da Educação pelo Instituto Superior Pedagógico Enrique José Varona- La Habana/Cuba (2000), título revalidado pela FE/UNB. Mestre em Educação pela Universidade de Brasília (2003). Atualmente é professora de Tecnologias Educacionais, Didática e Métodos e Técnicas de Pesquisa na graduação e pós-graduação stricto sensu da Universidade Estadual de Montes Claros. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Tecnologia Educacional, Educação a Distância e Pesquisa em Educação, atuando principalmente nos seguintes temas:tecnologias educacionais, educação a distância, ambiente virtual de aprendizagem, redes colaborativas de aprendizagem, pesquisa educacional e formação de professores
Maria Clara Maciel de A. Ribeiro, Universidade Estadual de Montes Claros - Unimontes
Graduada em Letras-Português pela Universidade Estadual de Montes Claros (2006), Mestre (2008) e Doutora (2012) em Estudos Linguísticos pela Universidade Federal de Minas Gerais. Professora do Departamento de Letras e do Programa de Mestrado Profissional em Letras da Universidade Estadual de Montes Claros. Implementou e coordenou o Laboratório Experimental de Ensino de Línguas para Surdos, na mesma instituição. Certificada pelo Sétimo Exame Nacional de Proficiência no Ensino de Libras (Prolibras). Vencedora do Prêmio de Teses da UFMG em 2013, na categoria Estudos Linguísticos. Atua principalmente nas seguintes áreas: Análise do Discurso, Ensino de leitura e de escrita, Língua Brasileira de Sinais. Desde 2009 é professora da Universidade Estadual de Montes Claros
Ilmar Duarte Fonseca Aguiar
Graduada em Pedagogia pela Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes).
Publicado
2021-02-18
Seção
Artigos Tema Livre