BATALHA DE POEMAS: O PAPEL DA AFETIVIDADE NO ENSINO E DIVULGAÇÃO DAS GEOCIÊNCIAS

Palavras-chave: Divulgação científica, Ensino de Geociências, Geopoética, Motivação Afetiva, Performances artísticas

Resumo

A Batalha de poemas é um jogo pedagógico de estratégia, sendo uma das formas de performances geopoéticas desenvolvidas, aplicadas e analisadas pelo grupo GeoTales – UNIRIO com o intuito de despertar o interesse pela Geologia e Paleontologia por meio de uma motivação afetiva. O objetivo da Batalha de poemas é correlacionar as performances geopoéticas com os conceitos de Geociências. Este jogo já foi aplicado com 185 alunos do Ensino Fundamental II e Ensino Médio em instituições de ensino e no Museu de Ciências da Terra. Analisando as aplicações deste jogo, foi demonstrado como o fator afetivo se faz presente na re(significação) dos conceitos de Geociências por meio de uma aproximação entre esses dois mundos: o do cotidiano e o das Geociências.

Biografia do Autor

Lilaz Beatriz Monteiro Santos, UNIRIO- Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.
Formada em Bacharelado em Ciências Biológicas, mestranda em Ecoturismo e Conservação na UNIRIO. Experiência em divulgação das geociências através das artes e do lazer.
Publicado
2018-10-10