Apresentação

Decolonialidades possíveis: epistemologias, teorias, experiências

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5935/2177-6644.20220001

Resumo

Diferentes disciplinas têm privilegiado as abordagens que analisam a diversidade do conhecimento e dos saberes, considerando os múltiplos processos que foram engendrados a partir da ocupação colonial e das colonialidades que ainda se perpetuam. No presente dossiê recebemos contribuições de orientação teórica/metateórica e historiográficos, estudos empíricos, pesquisas que contemplam diferentes práticas, leituras, fontes, localizando e explicitando fenômenos culturais, políticos, raciais, de gênero, artísticos etc. Tratam-se de 12 artigos que, de algum modo, ajudam a reconhecer a importância de produções de variadas matrizes teórico-metodológicas, que sopesam locais de enunciação diversificados, que assumem a pluralidade, que reconhecem os longos processos de subalternização, que destacam os conhecimentos locais, que admitem reformulações intelectuais, com o objetivo de refletir acerca dos desafios decoloniais.

Biografia do Autor

Marcelo Douglas Nascimento Ribas Filho (UFPR), Universidade Federal do Paraná - UFPR

Doutorando em História no Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Mestre (2020) e graduado (2017) em História pela Universidade Estadual do Centro-Oeste - Paraná (UNICENTRO).

Flávio José Dalazona (UNICENTRO), Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná - UNICENTRO

Graduado e Mestre em História pela Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná - UNICENTRO, Campus Irati.

Downloads

Publicado

2022-04-28