Quem tem o direito de falar sobre a vida dos negros?

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5935/2177-6644.20220008

Resumo

A presente pesquisa parte da seguinte questão: Existem implicações éticas na escolha e no uso de determinadas fontes para a produção das narrativas históricas? Tomamos como objeto central para nossa reflexão sobre o uso de fontes na construção de narrativas históricas sobre o passado dos negros o livro Meus Verdes Anos (1956) de José Lins do Rêgo.

Biografia do Autor

Juscelino Barros da Silva Filho (UDESC), Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)

Possui graduação em licenciatura plena em História pela Universidade Potiguar (2017). Mestrado em História pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2021) e está cursando o Doutorado em História pela Universidade do Estado De Santa Catarina.

Downloads

Publicado

2022-04-28