As (res)significações do obelisco na praça central de Peabiru, Paraná

  • Brandon Lopes dos Anjos Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR) https://orcid.org/0000-0003-3903-0293
  • Lara Pazinato Nascimento Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR)
  • Caio Gabriel Nogueira Ferreira Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR)

Resumo

Objetivamos identificar e analisar a história do Obelisco, estabelecido na Praça Eleutério Galdino de Andrade, em Peabiru, Paraná, com a finalidade de compreender os valores expressos por ele na percepção dos residentes do município, em sua fundação e na atualidade. O monumento é um monólito de concreto, de base quadrangular, que se alonga e afunila até formar uma pirâmide em seu topo, e possui cinco placas de bronze com homenagens aos pioneiros fundadores de Peabiru e registros de datas históricas. Os procedimentos metodológicos empregados nesta pesquisa envolveram entrevistas com historiadores, geógrafos e munícipes antigos, aplicação de questionários com 157 alunos do Colégio Estadual Olavo Bilac, de idade entre 14 e 17 anos, e consulta a notícias publicadas pelas principais mídias jornalísticas da região. Por meio do material levantado foi possível observar a utilização do Obelisco, na sua fundação, como meio de perpetuar o poder e a memória de seus criadores, sendo hoje visto como símbolo identitário da sociedade peabiruense. Contudo, a nova geração não sente essa ligação com o monumento, talvez por sua ausência, devido à idade, nos principais eventos registrados na memória dos habitantes mais antigos. Assim, observamos a necessidade de problematizar e reelaborar a história do monumento, para que essa não exclua determinados grupos em função de outros, e difundir os resultados entre a juventude, relacionando-os às suas experiências e vivências, para que esses jovens possam desenvolver uma melhor compreensão acerca da importância do Obelisco para Peabiru.
Publicado
2020-04-27