A lei do gênero - Jacques Derrida

Resumo

Tradução para o português de “La loi du genre”, de Jacques Derrida. Texto apresentado em julho de 1979 como comunicação oral em colóquio sobre gênero realizado na Universidade de Estrasburgo. Derrida reflete sobre o gênero na literatura, como modo literário, a partir de Gérard Genette, quanto como questão do masculino e do feminino e sua relação com uma lei. A base de análise será La folie du jour, de Maurice Blanchot que, apesar de narrativa, resiste a uma classificação definitiva. 

Biografia do Autor

Nicole Alvarenga Marcello, Universidade Federal de Minas Gerais
Mestre em Literatura Brasileira pela UFMG
Carla Rodrigues, UFRJ/Faperj
É fiósofa, professora do departamento de Filosofia (UFRJ), pesquisadora do PPPGF/IFCS e bolsista da Faperj, onde desenvolve um projeto sobre gênero e violência de estado. A tradução desse artigo faz parte do projeto de pesquisa financiado pela Faperj.

Referências

BLANCHOT, Maurice. La folie du jour. Paris: Gallimard, 1973.

GENETTE, Gérard. Genres, ‘types’, modes. Poétique, 32 (nov. 1977), pp. 389–421.

_________________. Introduction à l'architexte. Paris: Éditions du Seuil, 1979.

LACOUE-LABARTHE, Philippe; NANCY, Jean-Luc. L'Absolu littéraire. Théorie de la littérature du romantisme allemand. Paris: Seuil, 1978.

Publicado
2019-06-25
Seção
Tradução | Translation | Traducción