CONTRIBUIÇÃO DA EDUCAÇÃO FÍSICA NO CONTEXTO DA INCLUSÃO

POSSIBILIDADES DE PREVENÇÃO DO BULLYING ENTRE ALUNOS

Autores

Palavras-chave:

Inclusão. Educação Física. Bullying.

Resumo

Vivemos num mundo marcado por diferenças e diversidade, neste sentido, a busca constante por uma educação que contemple a participação de todos em um espaço democrático, faz com que a educação inclusiva seja debatida nos diversos segmentos sociais. A escola tem como princípio a garantia do acesso a uma educação onde todos sejam reconhecidos e respeitados independente de suas dificuldades e diferenças. A disciplina de Educação Física, neste aspecto, deve permitir que todos vivenciem as práticas corporais para que tenham um amplo desenvolvimento e progridam sempre, cada um dentro de suas possibilidades. O papel do professor é complexo, pois deve compatibilizar o interesse de todos atendendo as características individuais de cada um. O objetivo deste estudo foi analisar a possibilidade de contribuição da Educação Física no contexto da inclusão dos alunos do 7º ano do Ensino Fundamental de um colégio público no estado do Paraná, a fim de buscar minimizar as práticas de bullying recorrentes no contexto escolar. Para tanto, foi elaborado um caderno pedagógico com subsídios teórico-metodológicos em torno deste conteúdo, além de possibilidades de intervenções pedagógicas por meio de atividades sistematizadas. O referencial bibliográfico encontra-se sustentado a partir de legislações, documentos oficiais, estudiosos da área como Reinaldo Soler, Maria Thereza Egler Mantoan; Geovanio Rossato, Solange Marques Rossato, Pilar Arnaiz Sánchez, dentre outros. Foi possível desenvolver um conjunto de práticas pedagógicas nas aulas de Educação Física, e oferecer aos alunos a oportunidade de compreender e refletir sobre o universo da inclusão e a necessidade de superar preconceitos, para por fim, é possível a Educação Física contribuir efetivamente no contexto da inclusão, a fim de prevenir/superar as práticas de bullying.

Biografia do Autor

Ana Maria Opuchkevitch Cortes, Rede Estadual de Educação do Paraná

Professora do Núcleo Regional de Educação do Paraná, graduada em Educação Física (UEPG),  especialista em Política Públicas no Esporte (UEPG) e em Educação Especial com ênfase Transtornos Globais de Desenvolvimento (TGD) e Altas Habilidades pela Faculdade de Educação São Luiz.

Debora Gomes, Universidade Estadual do Centro-Oeste

Doutoranda em Educação pela Universidade Estadual de Ponta Grossa. Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Maringá. Possui Licenciatura em Educação Física e Especialização em Morfofisiologia aplicada ao Exercício, também pela Universidade Estadual de Maringá. Docente do Departamento de Educação Física da Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO - Campus Irati) desde 2012. Coordenadora do processo de reelaboração do currículo da Educação Infantil e dos anos iniciais do Ensino Fundamental da rede municipal de Maringá - PR (2011-2012). Assessora Pedagógica da rede municipal de Maringá-PR (2011-2012). Professora de Educação Física da rede municipal de Maringá-PR (1999-2012). Coordenadora Pedagógica de Educação Física da rede municipal de Maringá (2006-2011). Tem experiência na área de Formação Continuada de Professores, atuando principalmente nos seguintes temas: Educação Física Escolar: história, currículo e abordagens teórico metodológicas, Didática da Pedagogia Histórico-Crítica, Atividades Rítmicas Expressivas, Movimento e Infância. http://lattes.cnpq.br/9830926080122394

     

Rita de Cássia da Silva Oliveira, Universidade Estadual de Ponta Grossa

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (1980) e Doutorado em Filosofia e Ciências da Educação - Universidade de Santiago de Compostela (1998), revalidado pela Universidade Federal de Minas Gerais (1999). Gerontóloga pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia. Pós Doutorado em Educação -Universidade de Santiago de Compostela (2011). Coordena o Programa da Universidade Aberta para a Terceira Idade (UATI) na Universidade Estadual de Ponta Grossa. Atualmente é Professora Associada C da Universidade Estadual de Ponta Grossa. Professora Permanente do Programa de Pós Graduação em Educação (Mestrado e Doutorado) na UEPG, na linha de História e Políticas Educacionais, com as disciplinas de Educação de Jovens, Adultos e Idosos, Educação, Política e Sociedade, Educação Permanente e Espaços Educativos na sociedade brasileira, Teorias e Educação, Seminários de Tese. Coordenadora do Mestrado Profissional em Rede - Educação Inclusiva. Coordena a linha de Pesquisa intitulada Políticas Públicas e Educação permanente de Jovens, Adultos e idosos, É bolsista Produtividade em Pesquisa - CNPq. Coordenadora do Curso de Especialização em Gerontologia na modalidade da Educação a Distância (UAB/UEPG) Membro da Latin American Research Network on Ageing (LARNA) of the Oxford Institute of Ageing at the University of Oxford. Membro da Rede Iberoamericana de Programas Universitários para Adultos Maiores (RIPUAM). Membro Presidente da Associação Brasileira das Universidades Abertas da Terceira Idade (ABRUNATI). Membro do Conselho Municipal dos Direitos do Idoso do Município de Ponta Grossa. Prêmio de Extensão Universitária (2013) pela Universidade Estadual de Ponta Grossa. Moção de Aplauso recebida da Câmara dos Vereadores do Município de Ponta Grossa pelos serviços prestados a sociedade pontagrossense para os idosos (2015). Título de Cidadã do Município de Ponta Grossa (2016), oferecido pela Câmara de Vereadores. Menção Honrosa (2016) pelos 25 anos da Universidade Aberta para a Terceira Idade, recebida da Assembleia Legislativa do Estado do Paraná. Tem livros e capítulos de livros publicados versando sobre o tema educação permanente, envelhecimento, velhice, educação de jovens e adultos e políticas públicas. Possui experiência na área de Educação, atuando principalmente com os seguintes temas: educação permanente, educação de jovens e adultos, terceira idade, gerontologia, políticas públicas, universidade aberta, educação inclusiva, sociologia, fundamentos da educação e metodologia da pesquisa. http://lattes.cnpq.br/0396336269506743

Downloads

Publicado

2021-10-25

Como Citar

OPUCHKEVITCH CORTES, A. M. .; GOMES, D.; DE CÁSSIA DA SILVA OLIVEIRA, R. CONTRIBUIÇÃO DA EDUCAÇÃO FÍSICA NO CONTEXTO DA INCLUSÃO: POSSIBILIDADES DE PREVENÇÃO DO BULLYING ENTRE ALUNOS. Revista Teias de Conhecimento, [S. l.], v. 1, n. 1, p. 177–204, 2021. Disponível em: https://revistas2.uepg.br/index.php/teias/article/view/17951. Acesso em: 18 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos