MIMETISMO ACADÊMICO: ABORDAGEM TEÓRICA REFERENTE A ADOÇÃO DAS NORMAS INTERNACIONAIS DE CONTABILIDADE NO ENSINO BRASILEIRO

  • Fernanda Mazzaro Mucillo UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ (UEM)
  • Daniela Fagundes Carnelós Nunes
  • Claudio Marques

Resumo

O ensaio teórico tem por objetivo verificar quais fatores influenciam professores e pesquisadores a
adotarem as medidas orientadas pela International Financial Reporting Standards (IFRS) sob uma
ótica institucionalista de caráter mimético e instigar um posicionamento crítico do porquê esse
processo é efetuado com poucos questionamentos. A adoção das normas internacionais ocorreu
por meio de traduções emitidas pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC), que traz um
aumento significativo das informações divulgadas, que não representam necessariamente um
aumento na qualidade da informação. São poucos trabalhos que analisam a aplicação das
normas internacionais e a participação de membros da área acadêmica nas Audiências Públicas
sobre o CPC, por isso, observou-se a participação destes profissionais nas Audiências Públicas,
período em que após traduzida a norma internacional a comunidade tem para contribuir
com sugestões. Conforme análise dos dados disponíveis no site do CPC, verificou-se a baixa
participação nessas audiências, o que encadeou uma verificação de como as instituições de
ensino se adaptam nas mudanças contábeis ocorridas sem analisar sua pertinência aos padrões
locais, para assim oferecer contribuições na aplicabilidade e instigar os pesquisadores a uma
leitura crítica dos CPCs publicados.

Biografia do Autor

Fernanda Mazzaro Mucillo, UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ (UEM)
Mestra em Ciências Contábeis.
Publicado
2021-05-04
Seção
Artigos selecionados pelo III SIICSA