RELAÇÕES ENTRE A REFORMA SANITÁRIA E A REVOLUÇÃO PASSIVA NO BRASIL

  • Nara Luiza Valente Universidade Estadual de Ponta Grossa
  • Silmara Carneiro E Silva

Resumo

O presente ensaio tem como objetivo promover um estudo sobre a reforma sanitária no Brasil, a partir do conceito de revolução passiva. Inicialmente, busca-se analisar o histórico da reforma sanitária, suas promessas e conquistas, para em seguida refletir sobre a revolução passiva como tradução da reforma sanitária. Como recurso metodológico, utilizou-se a pesquisa bibliográfica para a realização de revisão de literatura acerca do tema proposto. Trata-se, portanto, de um estudo no qual se busca trazer ao leitor os fundamentos da realidade para análise e compreensão do tema. Como resultados, admite-se que o projeto de Reforma Sanitária Brasileira ilustrou algumas consequências da chamada revolução passiva, onde o conservar-mudando parece continuar imperando.

Biografia do Autor

Nara Luiza Valente, Universidade Estadual de Ponta Grossa
Mestre em Ciências Sociais Aplicadas da UEPG
Publicado
2020-06-19
Seção
Artigos