Jovens mulheres na cultura Hip Hop de Londrina, Paraná: interpretações a partir de ‘Relief Maps’

  • Ana Carolina dos Santos Marques Faculdade de Ciências e Tecnologia - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"

Resumo

Este artigo objetiva interpretar as experiências interseccionais de cidade de jovens mulheres negras que participam da cultura Hip Hop em Londrina (PR), por meio de relief maps. O Hip Hop é entendido como uma cultura juvenil negra que possibilita que as jovens se afirmem, entretanto, é constituído predominantemente por homens e no seu interior ainda são disseminados estigmas de gênero. Desse modo, torna-se relevante interpretar os enfrentamentos que as jovens realizam nos espaços da cultura, assim como no espaço urbano por meio dela. Dentre as metodologias adotadas estão trabalhos de campo, entrevistas com cinco jovens negras hip hoppers e relief maps. A principal conclusão é que as jovens estão constantemente negociando suas identidades e permanências no espaço urbano de Londrina.

Publicado
2021-10-07
Seção
Artigos / Articles/ Artículos