As dinâmicas psicossociais do trabalho das zungueiras angolanas

  • Felizardo Tchiengo Bartolomeu Costa Unesp-Assis

Resumo

"Zungueiras” é o nome dado, em Angola, às mulheres que trabalham como vendedorasambulantes, percorrendo as cidades e oferecendo diferentes produtos. Com o objetivo decompreender o cotidiano e os desafios das “zungueiras”, foi realizada uma pesquisa na cidadede Lubango, província de Huíla, utilizando a etnografia como recurso metodológico. Foramrealizadas imersões no universo da zunga mediante o acompanhamento do trabalho de seiszungueiras. Nesse acompanhamento foram realizadas observações e entrevistas, gravadas eregistradas num diário de campo. Foi possível constatar que o trabalho das zungueiras exigeuma intensa mobilidade e é exercido de forma extremamente informal e precária, semqualquer amparo legal e reconhecimento pelas autoridades municipais ou de esferas maiores.Além da precariedade, as zungueiras são criminalizadas e perseguidas por fiscais municipais eobjeto de preconceito e forte rejeição por serem consideradas uma presença indesejável nacidade, um atentado contra a estética de uma cidade que persegue os ideais do urbanismomoderno.

Biografia do Autor

Felizardo Tchiengo Bartolomeu Costa, Unesp-Assis
Doutorando do curso de Psicologia e sociedade da Unesp-Assis, área de processos psicossociais e modos de subjetivação no contemporâneo.
Publicado
2020-09-11
Seção
Artigos / Articles/ Artículos