O ciberespaço e a geografia: notas iniciais sobre homens que buscam parceiros do mesmo sexo no aplicativo tinder em Rio Grande - RS

Resumo

O artigo versa sobre visibilizar as espacialidades de sujeitos que buscam parceiros do mesmo sexo no Aplicativo Tinder no município do Rio Grande – RS. Assim, apontando em notas iniciais uma reflexão sobre o ciberespaço como um campo potente de investigação pelas Ciências Humanas, em especial, pela Geografia. A metodologia utilizada se deu através da inserção do pesquisador no espaço do App, por meio da realização de um questionário semiestruturado online a 154 homens, em um raio de 31km, a partir da Universidade Federal do Rio Grande, no período de 19 de fevereiro a 1o de março de 2018. Esse nos possibilitou perceber que o grupo pesquisado é composto por homens predominantemente brancos, jovens, universitários, oriundos de religiões de matriz africana e que lidam com suas sexualidades de forma aberta.Palavras­-Chave: Ciberespaço; Aplicativo Tinder; Geografia; Gênero.
Publicado
2020-09-11
Seção
Artigos / Articles/ Artículos