Conflitos no campo do saber: universidades, historiadores e usos do passado na fronteira - Londrina, 1970-1980

  • Gilmar Arruda Universidade Estadual de Londrina - UEL
  • Wander de Lara Proença Universidade Estadual de Londrina

Resumo

Nos anos de 1970 assistiu-se à criação de instituições universitárias (Estaduais e Federais) no interior do país. Entre as federais, foram criadas as universidades de Mato Grosso, a de Mato Grosso do Sul, a do Acre, a de Rio Grande, dentre outras. No âmbito estadual, surgem no Paraná as de Londrina, Maringá, Cascavel, Ponta Grossa; na Bahia, a de Feira de Santana; a do Ceará, e assim por diante. O objetivo desse artigo é investigar as relações que se estabeleceram entre a cidade e a instituição universidade, tendo como foco de análise o caso da cidade de Londrina - PR e a Universidade Estadual de Londrina - UEL. Particularmente, interessa examinar como a produção do conhecimento sobre o passado, a historiografia, na instituição universidade, com suas regras próprias de produção do conhecimento e estabelecimento de ‘campos de saberes’, dialogou com o campo de saber sobre o passado já estabelecido na cidade, por meio de memorialistas, cronistas, romancistas, jornalistas, murais e outros agentes.

Biografia do Autor

Gilmar Arruda, Universidade Estadual de Londrina - UEL
possui graduação em Historia pela Universidade Católica Dom Bosco (1984), mestrado em Historia Assis pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1989) e doutorado em História pela Faculdade de Ciências e Letras de Assis (1997). Atualmente é representante suplente da Universidade Estadual de Londrina no Comite da Bacia Hidrográfica do Rio Tibagi e professor titular da Universidade Estadual de Londrina. Tem experiência na área de História, com ênfase em História do Brasil Império e República, atuando principalmente nos seguintes temas: fronteiras, natureza, história, história ambiental e ensino de história.
Wander de Lara Proença, Universidade Estadual de Londrina
Doutor em História. Professor do Departamento de História-UEL
Publicado
2020-07-17