O processo de retorno entre o Paraná e a Amazônia Legal (1980-2014): problemáticas territoriais e memória

Resumo

Apresenta-se uma pesquisa sobre migração envolvida nos meandros da relação entre a estatística e sua possível interpretação histórico-antropológica, na qual se constatou a existência de fluxos de deslocamentos reinterpretados por entrevistas orais. Parte-se de um estudo da trajetória de sujeitos que vivenciaram o fenômeno migratório Sul-Norte-Sul do Brasil, especificamente entre Paraná-Amazônia Legal-Paraná no período demarcado de 1970 a 2014, com ênfase nas dinâmicas que envolveram o processo de retorno, ou seja, o fluxo ocorrido a partir de meados da década de 1990, desenrolando-se até o tempo delimitado na pesquisa. Interpreta-se um processo de territorialidade na sua tensão existente entre, por um lado, a importância, e, por outro, as dificuldades do mapear de fluxos, permeados por discursos e políticas que envolvem os deslocamentos, diante de fronteiras materiais e simbólicas vivenciadas por esses sujeitos e apresentadas pelas memórias.

Biografia do Autor

Jorge Pagliarini Junior, Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR) Professor
Graduado e Mestre em História pela Unioeste. Doutor em História pela UFGD. Professor Adjunto do Colegiado de História da Unespar, Campo Mourão; Professor do Programa de Mestrado Profissional em Ensino de História da Unespar -PROFHISTORIA; Professor do Programa Mestrado Acadêmico em História Pública da Unespar.
Publicado
2020-07-17