Migrações internacionais para Santa Catarina nos séculos XIX e XXI: um estudo comparativo

  • Paulo Rogério Melo de Oliveira UNIVALI

Resumo

O artigo aborda, numa perspectiva comparada, os fluxos migratórios de alemães e haitianos, nos séculos XIX e XXI, para Santa Catarina, com o propósito de explorar as particularidades históricas das migrações internacionais, no contexto das quais ocorreram os deslocamentos europeus para as Américas, e das migrações globais contemporâneas, cuja dinâmica ajuda a entender a opção que os haitianos fizeram pelo Brasil. A comparação destes deslocamentos humanos, envolvendo diferentes grupos étnicos, em distintos contextos sociais e regionais, nos permite capturar o sentido histórico dos movimentos migratórios, os condicionantes e os debates específicos de cada época, sem os quais as migrações parecem derivar, exclusivamente, de um impulso natural da condição humana.

Biografia do Autor

Paulo Rogério Melo de Oliveira, UNIVALI
Doutor em História pela IFRGS. progessor no Programa de Mestrado em Políticad Públicas e nos cursos de História e Relações Inernacionais da UNIVAI.
Publicado
2019-11-25