Trilhando os caminhos de uma "produção histórica autodidata" em Goiás: um diálogo com a tradição do IHGB

Rogério Chaves da Silva

Resumo


O presente artigo consiste em uma reflexão sobre as singularidades historiográficas apresentadas pela historiografia regional que predominou em Goiás, do início do século XX até os anos de 1960, denominada de “produção histórica autodidata”. Constituída por textos de história regional elaborados por estudiosos não formados nos quadros da disciplina especializada, essa “historiografia autodidata” ficou marcada pela tentativa de reordenamento da memória histórica regional e pelo anseio em constituir uma identidade goiana. E para a concretização desse empreendimento histórico e, ao mesmo tempo, ético, esses “historiadores autodidatas goianos” estabeleceram um estreito diálogo com uma determinada tradição historiográfica emanada do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro

Palavras-chave


Historiografia Regional, Produção Histórica Autodidata, História da Historiografia, Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro

Texto completo:

PDF


 

 

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia