O Estado, o estatismo autoritário e as políticas públicas na concepção de Poulantzas

Resumo

O artigo explora a noção de Estado capitalista a partir da perspectiva desenvolvida por Nicos Poulantzas, em seu último livro (O Estado, o poder, o socialismo – 1978), bem como avalia em que medida suas análises possibilitam a compreensão de políticas públicas na atualidade. Apresenta-se a concepção de Estado como a condensação material de uma relação de forças, e avança-se para o estatismo autoritário, conceito desenvolvido por Poulantzas para explicar o fortalecimento do poder Executivo e o declínio das instituições da democracia política. Conclui-se que o pensamento poulantziano, não obstante esteja calcado em suas análises na década de 1970, continua atual e possibilita a compreensão das políticas públicas na contemporaneidade. Palavras-chave: Nicos Poulantzas. Estado. Estatismo autoritário. Políticas públicas.
Publicado
2020-10-25
Edição
Seção
Artículos