O marxismo como perspectiva epistemológica: considerações sobre o trabalho com as categorias metodológicas

Resumo

Este artigo aborda o marxismo como perspectiva epistemológica para a produção do conhecimento em políticas educacionais. Objetiva-se, a partir das considerações de Tello (2012), Tello e Mainardes (2015) e Mainardes e Tello (2016), sobre o enfoque das epistemologias das políticas educacionais e níveis de abordagem e de abstração, apreender a possibilidade de operação das categorias metodológicas da perspectiva marxista definidas por Kuenzer (1998). Enfatiza-se que, no processo de pesquisa, a dinâmica e a correlação das categorias da concepção marxiana de conhecimento visem a imprescindível superação da forma fenomênica para o alcance da substância histórica dos fenômenos analisados. Palavras-chave: Política Educacional. Epistemologia. Epistemologia marxista.
Publicado
2020-06-27
Edição
Seção
Artículos