A implementação de uma política pública de educação - o Programa Mais Educação sob o olhar dos coordenadores do PME e oficineiros

Resumo

O objetivo central deste artigo é analisar a implementação do Programa Mais Educação (PME), por meio das percepções e atuações dos coordenadores do PME e oficineiros de duas escolas públicas participantes do Programa, através da técnica de entrevistas e observações de campo. Tendo como referencial teórico as pesquisas de Ball, Maguire e Braun (2016) e de Michael Lipsky (2019), o estudo se dirige aos pesquisadores no campo das Políticas Públicas e se pretende pensar a Política Educacional na perspectiva de seus agentes, que atuam nesse processo no dia a dia escolar. Este artigo é fruto de uma pesquisa mais abrangente realizada no município do Rio de Janeiro e um recorte da dissertação de mestrado do autor. Os resultados apontam para uma grande diversidade na implementação do Programa nas escolas pesquisadas e que as relações construídas em nível local evidenciam o poder discricionário dos sujeitos inseridos no processo de implementação da Política Pública, fazendo com que as normativas se materializem de maneiras distintas. Palavras-chave: Implementação de Políticas Públicas. Programa Mais Educação. Agentes implementadores.

Biografia do Autor

Elisangela da Silva Bernado, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO
Pós-doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Doutora em Ciências Humanas/Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) | Coordenadora do Mestrado em Educação/PPGEdu e Professora Adjunta do Programa de Pós-Graduação em Educação e da Escola de Educação da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) | Líder do Grupo de Pesquisa Políticas, Gestão e Financiamento em Educação (POGEFE) | Jovem Cientista do Nosso Estado da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ) em 2014-2018 e 2018-2021.
Bruno Mattos da Silva, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Mestre em Educação pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO. Graduado em Bacharel e Licenciatura Plena em Educação Física pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ. Espacialista em Educação Física Escolar pelo CESPEB/UFRJ. Atuando como professor de Ed. Física na Educação Básica do Município do Rio de Janeiro e Coordenador de Esporte, Cultura e Lazer na Pró-Reitoria de Políticas Estudantis da UFRJ. Pesquisador integrante do Núcleo de Estudos - Tempos, Espaços e Educação Integral (NEEPHI) e do Grupo de pesquisa Políticas, Gestão e Financiamento em Educação (POGEFE).
Publicado
2020-03-24
Edição
Seção
Artículos