OS BENEFÍCIOS DO TELHADO VERDE E A SUA UTILIZAÇÃO PELA CONSTRUÇÃO CIVIL

Resumo

O tema do trabalho envolve os telhados verdes e a sua utilização pela construção civil em prol da manutenção da vida no planeta. O objetivo deste trabalho é compreender os telhados ecológicos e exemplificar a sua utilização e seus proveitos para a população que vive em centros urbanos. O problema de pesquisa consiste em perquirir: como telhados verdes podem ser instalados e quais as benesses geradas para o ecossistema? O trabalho possui como metodologia a revisão bibliográfica, fazendo-se uma análise qualitativa, descritiva e explicativa do tema proposto, obtendo-se que os telhados verdes são instrumentos importantes para melhorar a condição do homem no planeta, proporcionar novas formas de exploração da natureza e formas mais limpas e menos ofensivas aos recursos naturais. Os telhados verdes são estruturas criadas sobre superfícies de edifícios contemplando diferentes formas de vegetação, independentemente da espécie de cobertura. Tal estrutura representa uma forma de proporcionar ambientes mais agradáveis, confortáveis, retenção das águas pluviais, temperaturas mais agradáveis ao espaço interno do prédio, diminuição do ruído e melhora da exposição ao brilho e outros benefícios.

Biografia do Autor

Heron Viterbre, Universidade de Itaúna
Graduando em Engenharia Civil pela Faculdade de Engenharia e Computação da Universidade de Itaúna (FAEN - UI) (2017-2021), Técnico em Metalurgia pelo SENAI/CETEF - Itaúna/MG (2014 - 2015).
Ícaro Viterbre, Instituto Federal Goiano
Atualmente professor substituto no Instituto Federal Goiano Campus Rio Verde para disciplinas dos cursos de Engenharia Civil, Engenharia Ambiental, Técnico em Edificações e Técnico em Segurança do Trabalho. Mestre em Estatística e Experimentação Agropecuária pelo Departamento de Estatística da Universidade Federal de Lavras (DES - UFLA) (2018-2020). Bacharel em Engenharia Civil pela Faculdade de Engenharia e Computação da Universidade de Itaúna (FAENC - UIT) (2012-2017). Especialista em ciência de dados, especialmente na área de estatística espacial.
Antonio Mendes, Universidade Federal de Lavras
Bacharel em Engenharia de Controle e Automação e mestre em Estatística e Experimentação Agropecuária pela Universidade Federal de Lavras. Habilidades com software R, técnicas de machine learning, programação para plataforma Arduino, uso de maquinário com Comando Numérico Computadorizado (CNC), programação de CLPs em linguagem LADDER, programação de microcontroladores para sistemas embarcados, classificação de dados com Redes Neurais Artificiais (RNA) e planejamento de caminhos em robótica móvel.
Pedro Henrique, Universidade Federal de Lavras
Possui graduação em Engenharia Mecatrônica pelo Centro Federal de Educação Tenológica de Minas Gerais - CEFET-MG e cursa especialização em Engenharia e Gestão da Produção pelo Centro Universitário de Maringá (2020). Atualmente, é mestrando no Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Sistemas e Automação pela Universidade Federal de Lavras. Tem experiência na área mecânica e elétrica, com ênfase em desenvolvimento de protótipos relacionados à Engenharia, especialmente na implementação de técnicas de inteligência artificial.
Igor Luis, Universidade de Itaúna
Graduando em Engenharia Civil pela Faculdade de Engenharia e Computação da Universidade de Itaúna (FAEN - UI).
Publicado
2021-06-25
Seção
Artigos