DETERMINAÇÃO DE UMA PENEIRA PARA APLICAÇÃO NO PROCESSO DE COMINUIÇÃO DE PEGMATITOS DO ALTO SERRA BRANCA-PB

  • Gerson Ferreira da Silva UFRGS

Resumo

O método de tratamento de minérios conhecido como peneiramento, tem como objetivo a separação de um certo material em duas ou mais frações, com partículas de tamanhos distintos. Neste caso, a separação é realizada, levando em consideração o tamanho geométrico das partículas, podendo ser feito um peneiramento a seco ou a úmido. No caso deste trabalho, o equipamento a ser empregado realizará um peneiramento a seco, com frações granulométricas de até 4 mm. É importante ressaltar que este equipamento é uma ferramenta vital e crítica em uma usina de beneficiamento. Desta forma, é necessário uma atenção especial na determinação ou seleção da peneira, para que a mesma funcione com o tamanho e tipo adequado. A realização desta pesquisa é voltada para a determinação de uma peneira vibratória inclinada, com o propósito de ser utilizada em um circuito de cominuição da cooperativa dos pequenos mineradores do município de Pedra lavrada – PB (COOMIPEL). De acordo com o manual de britagem da Metso, e as orientações técnicas do livro de tratamentos de minérios do CETEM, foi possível calcular uma área efetiva da peneira de 0, 53 m² . A partir desta área, é sugerido a peneira com menor área disponível, que é o modelo M 20008/1A. A implementação desse modelo de peneira com as configurações recomendadas, possibilita realizar alterações no fluxograma do circuito de cominuição da COOMIPEL, permitindo obter um material na granulometria desejada e almejada.
Publicado
2021-01-19
Seção
Artigos