SANEAMENTO BÁSICO NO MUNICÍPIO DE FORTALEZA: ACESSO À ÁGUA E TRATAMENTO DE ESGOTO

  • Willamy Ungary Ponte Silva Uninassau
  • Iury Sousa e Silva UFPE
  • Roberto Luiz Frota de Menezes Vasconcelos Uninassau

Resumo

O artigo apresenta a conceituação de saneamento básico e suas etapas de tratamento de água e coleta de esgoto, a relação do saneamento com saúde pública, contendo elementos para discussão teórica sobre aumento nos casos de internações por doenças de veiculação hídrica (diarreia, febre amarela, dengue, leptospirose, malária, e esquistossomose) relacionados à falta de saneamento básico, e a cobertura do saneamento básico através do acesso aos serviços de tratamento de água e coleta de esgoto na cidade de Fortaleza. A partir dos indicadores levantados para a cidade de Fortaleza, foi realizado um comparativo desses indicadores com Recife e Salvador, duas grandes capitais da região nordeste.

Biografia do Autor

Willamy Ungary Ponte Silva, Uninassau
Graduado em Tecnologia da Construção Civil, Graduando em Engenharia Civil. pós-graduando em Engenharia Ambiental e Saneamento Básico, gestor de Engenharia de Manutenção no Hospital Geral Dr. Waldemar Alcântara em Fortaleza/CE.
Publicado
2021-04-14
Seção
Artigos