ANÁLISE AMBIENTAL DAS REMOÇÕES DE TANQUES EM POSTOS DE COMBUSTÍVEIS: ESTUDO DE CASO DOS MUNICÍPIOS DE ABRANGÊNCIA DO IAT/ERLON LONDRINA-PR

  • Elaine Lopes Uepg
  • Viviane Fernandes de Souza Universidade Estadual do Centro Oeste – UNICENTRO

Resumo

Resumo: A comercialização de combustíveis é considerada uma atividade com alto potencial poluidor, uma vez que a contaminação do solo e das águas subterrâneas pode ocorrer devido aos vazamentos dos tanques de armazenamento subterrâneo dos postos revendedores de combustíveis. Revelando-se como um grave problema ambiental e tornando-se objeto de crescentes pesquisas no Brasil. As misturas complexas presentes nesses combustíveis, formadas por muitos de compostos, entre eles os hidrocarbonetos, são extremamente prejudiciais à saúde humana e podem inviabilizar a exploração da água e do solo em áreas contaminadas. O presente estudo apresenta a análise ambiental sobre as remoções de tanques de combustíveis realizadas nos municípios de abrangência do IAT/ERLON, observando os danos causados ao meio, por vazamento nos tanques e/ou equipamentos. Foi realizado o acompanhamento das remoções de tanques com a vida útil expirada, retirados ou substituídos, nos municípios pertencentes ao Escritório Regional de Londrina-PR (IAT/ERLON) no período entre abril de 2018 a abril de 2020 e posteriormente feito o levantamento de dados dos postos que apresentaram o estudo de Fundo de Cava. Os resultados apresentados demostraram que os postos revendedores analisados possuem grande potencial poluidor, não apenas pela contaminação causada por vazamento dos tanques, mas também em decorrência das outras atividades realizadas nesses empreendimentos como troca de óleo e lavagem de veículos, sendo assim de suma importância a realização de monitoramento e fiscalização.
Publicado
2021-04-14
Seção
Artigos