INFLUÊNCIA DA TEMPERATURA DE QUEIMA NAS PROPRIEDADES TECNOLÓGICAS E MICROESTRUTURAIS DO PISO INTERTRAVADO CERÂMICO

Resumo

O piso intertravado cerâmico é um produto que possui um elevado potencial estético, devido às diversas dimensões e colorações possíveis, além de ser inovador, pois ainda há uma baixa utilização desse produto no mercado brasileiro. Este artigo tem como objetivo analisar a influência da temperatura de queima nas propriedades tecnológicas e microestruturais do piso intertravado cerâmico. A matéria-prima foi adquirida em uma indústria de cerâmica vermelha na região de Teresina - PI e foi caracterizada por fluorescência de raios X, difração de raios X, análise térmica e análise de plasticidade. Os corpos de prova foram preparados por meio de prensagem uniaxial com dimensões de aproximadamente 80 mm x 10 mm x 10 mm e queimados nas temperaturas de 950 °C, 1050 °C e 1150 °C. As propriedades tecnológicas analisadas foram retração linear de queima, absorção de água, massa específica aparente e resistência à compressão. A microestrutura das amostras foi analisada por microscopia óptica e difração de raios X. Os resultados mostraram que o piso intertravado cerâmico apresentou excelentes propriedades tecnológicas, especialmente a partir da temperatura de 1050 ºC. Além disso, concluiu-se que a temperatura de queima mais adequada para a utilização do piso intertravado cerâmico em passeios e tráfego veicular leve e em regiões de tráfego veicular pesado, calçadas comerciais e aplicações industriais é a partir de 1050 ºC. Com isso, o piso intertravado cerâmico é um produto que pode ser fabricado com variadas temperaturas, de acordo com a aplicação em que ele vai ser utilizado.
Publicado
2020-10-26
Seção
Artigos