ANÁLISE DA INFLUÊNCIA DA ALTURA DO EDIFÍCIO NO VALOR DO PARÂMETRO Z UTILIZANDO A INÉRCIA EQUIVALENTE DE BRANSON

  • Rodrigo Barros Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Maria Tatianne Barros UFRN
  • Jose Neres Silva Filho

Resumo

Este trabalho objetiva avaliar a influência da altura do edifício no valor do coeficiente  utilizando a inércia equivalente de Branson para considerar a não-linearidade física das vigas de forma aproximada, como alternativa a obtenção deste parâmetro considerando a rigidez dos elementos estruturais conforme recomenda a ABNT NBR 6118:2014. Para isso, foi adotado como objeto de análise um pórtico plano de um edifício residencial de concreto armado, o qual foi analisado para nove diferentes alturas e quatro classes de resistência do concreto, mantendo-se o mesmo pavimento tipo. A análise dos pórticos foi realizada com o software Ftool, considerando-se a inércia dos elementos estruturais reduzidas segundo a referida norma em uma análise e em outra foi adotado para as vigas a inércia equivalente de Branson. A partir dos resultados do  de cada pórtico obtidos pelas duas análises, verificou-se que os coeficientes de redução adotados pela norma tendem a superestimar os valores do  dos pórticos mais baixos e subestimá-los nos pórticos mais altos, em relação às análises realizadas considerando inércia equivalente de Branson

Biografia do Autor

Rodrigo Barros, Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Possui graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2006), mestrado em Engenharia Civil (Engenharia de Estruturas) pela Universidade de São Paulo (2009) e Doutorado em Engenharia Civil (Engenharia de Estruturas) pela mesma instituição. Foi bolsista de Mestrado e de Doutorado do Departamento de Engenharia de Estruturas da Escola de Engenharia de São Carlos. Atualmente é Professor Adjunto A da Escola de Ciências e Tecnologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Tem experiência na área de Engenharia Civil, com ênfase em Projetos de Estruturas e Projetos de Fundação. Foi professor do curso de Engenharia Civil das Faculdades integradas de Araraquara, do curso de Especialização em Engenharia de Estruturas da UNILINS e do curso Especialização em Estruturas de Concreto e Fundações do INBEC - Instituto Brasileiro de Educação Continuada. Como pesquisador, atua principalmente nos seguintes temas: Modelo de Bielas e Tirantes, Fundações, Bloco sobre estacas e Modelos de cálculo para força cortante
Publicado
2020-10-26
Seção
Artigos