ESTUDO DA INFLUÊNCIA DA FIBRA DE VIDRO NAS PROPRIEDADES MECÂNICAS DE UMA MASSA POLIÉSTER

  • Isabeli Martins Longareti Faculdade Satc - Departamento de Engenharia Química
  • Aline Resmini Melo Faculdade Satc
  • Morgana Nuernberg Sartor Faraco Faculdade Satc - Departamento de Engenharia Química
  • Jovan Cenci Empresa Anjo Tintas
  • Christian Volpato Empresa Anjo Tintas
  • Josiane da Rocha Silvano das Neves Faculdade Satc - Departamento de Engenharia Química

Resumo

Resumo: A repintura automotiva possui várias etapas e uma delas é a de correção de imperfeição, onde se utilizam massas poliésteres para realizar os reparos. Uma estratégia para melhorar ou modificar as propriedades de uma massa, é a formação do compósito com fibra de vidro. Este trabalho tem como objetivo, estudar a influência da fibra de vidro em uma massa poliéster. Foram formuladas cinco amostras, sendo uma delas sem fibra de vidro para comparação. As cinco formulações foram submetidas a alguns testes.  Os resultados obtidos foram satisfatórios, onde se comprovou que a fibra de vidro promove uma maior resistência e rigidez ao produto final. No teste de viscosidade, quanto maior a porcentagem de fibra, mais viscosa fica a massa poliéster. A densidade houve um aumento, porém característico do produto. O gel time apresentou resultados já esperados, quanto maior a quantidade de fibra, mais rápido a massa endurece. O mandril cônico para este tipo de compósito termofixo não obteve resultados significativos, houve desplacamento em todas as amostras. No teste de impacto, foram lançados pesos de duas alturas, 50 cm e 100 cm, as amostras F2, F3 e F4 apresentaram maior desempenho, sem ocorrer o desplacamento de massa. No ensaio de flexão, o que obteve melhor resultado foi a que utilizou 1,2% de fibra de vidro, apresentando maior resistência quando comparada ao padrão e menor deformação. Portando concluiu-se que há uma quantidade máxima de fibra a ser utilizada, para que não interfira negativamente nas outras propriedades.
Publicado
2020-10-26
Seção
Artigos