DESEMPENHO DOS ATIVADORES ALCALINOS PARA PRODUÇÃO DE GEOPOLÍMEROS COM SOLO LATERÍTICO EM SÃO LUÍS – MA

  • Dellane Stephani Carvalho dos Santos Universidade Ceuma
  • Ramaiany Carneiro Mesquita Universidade Ceuma
  • José Costa Sampaio Filho

Resumo

O processo de fabricação do cimento é responsável pela liberação de uma grande quantidade de dióxido de carbono (CO2) ao meio ambiente, contribuindo para o aquecimento global. Com o propósito de buscar um material alternativo ao Cimento Portland, e que seja menos agressivo ao meio, o objetivo geral da pesquisa foi analisar o desempenho de ativadores alcalinos para produção de geopolímeros com solo laterítico retirado de uma jazida em São Luís (MA), a fim de melhorar sua resistência à compressão. Essa prática revela-se como uma solução para as questões de alterações climáticas podendo reduzir na ordem de 4 vezes as emissões de CO2 associadas à produção do concreto. Foram realizadas no total 18 corpos de prova entre o precursor e os ativadores com 10 e 12 Mols de hidróxido de sódio (NaOH) mais silicato de sódio (Na2SiO3) ativando alcalinamente a sílica e a alumina presentes na argila laterítica e tendo suas determinações de resistência à compressão simples analisadas aos 7, 14 e 28 dias. As misturas tiveram como relação entre massa precursor/ativador de 2,85. Os resultados das misturas com 12M de NaOH e Na2SiO3 foram mais satisfatórios do que com a molaridade de 10M.
Publicado
2020-10-26
Seção
Artigos