ÍNDICE DE AVALIAÇÃO DA CONDIÇÃO DE PAVIMENTOS FLEXÍVEIS URBANOS

  • Vitor Hugo Salviatto Universidade Estadual de Londrina
  • Thiago Vinícius Louro Universidade Estadual de Londrina
  • Thago Botion Neri Universidade Estadual de Londrina
  • Bianca Zarske de Souza Universidade Estadual de Londrina
  • Rael Ernani Wojahn Universidade Estadual de Londrina
  • Wagner Toma Universidade Estadual de Londrina
  • Priscila Merlo Universidade Estadual de Londrina
  • Heliana Barbosa Fontenele Universidade Estadual de Londrina

Resumo

Muitos dos índices de avaliação da condição de pavimentos possuem procedimentos de coleta de dados trabalhosos e consideram apenas os defeitos como forma de avaliação. Esta pesquisa teve como objetivo desenvolver um Índice de Condição da Superfície de Pavimentos Flexíveis para avaliar, de forma simples, a condição da superfície de pavimentos flexíveis urbanos. O índice proposto agregou os critérios: Serventia Atual­; Defeitos no Pavimento; Declividade Longitudinal; Drenagem e Volume de Tráfego de Ônibus. Para cada um destes foram adotados níveis de desempenho, que variam de 0 a 100 pontos, e os pesos foram determinados segundo o método Analytic Hierarchy Process (AHP). O índice gerado foi aplicado em 13 unidades amostrais da área urbana de Londrina/PR. O método da Matriz de Valores Fixos (MVF) também foi utilizado para classificar as mesmas unidades amostrais a fim de comparar os resultados entre os dois índices. A correlação obtida para a totalidade de unidades amostrais foi de 0,20. Entretanto, quando excluídas as unidades amostrais com alto tráfego de ônibus (acima de 30 ônibus/horário de pico), obteve-se uma correlação de 0,58. Pode-se concluir que em vias com alto tráfego de ônibus, os índices possuem fraca correlação, enquanto que nas vias com menos de 30 ônibus/horario de pico os índices estão fortemente correlacionados. Pretende-se aprimorar o índice para que seja capaz de indicar de forma confiável a condição de pavimentos que possuam qualquer volume de tráfego de ônibus.
Publicado
2020-06-30
Seção
Artigos