TRATAMENTO DE ÁGUAS CINZAS PELO PROCESSO COAGULAÇÃO/DECANTAÇÃO/FILTRAÇÃO/ADSORÇÃO

  • Marcelo Mendes Pedroza Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins
  • Carlos
  • Camila
  • Matheus
  • Elaine
  • Ranyere

Resumo

O objetivo desse trabalho foi apresentar o tratamento de águas cinza através do processo de coagulação/decantação/filtração/adsorção empregando carvão ativado comercial. As amostras foram coletadas em uma  lavanderia residencial. O tratamento empregado nessa pesquisa foi dividido em duas etapas: (a) Processo de Coagulação/Floculação/Decantação e (b) Filtração do efluente em areia e Adsorção em carvão ativado. Os ensaios de coagulação foram realizados no aparelho “Jar Test”, sendo empregado como coagulante sulfato de alumínio. As velocidades de mistura rápida e lenta foram de 160 e 30 rpm, respectivamente. Os tempos de mistura rápida e lenta foram de 5 minutos e 30 minutos, respectivamente. O tempo de sedimentação foi de 1 hora. O sistema de tratamento foi constituído de cilindros cheios de areia e carvão ativado comercial, operados em fluxo contínuo, com as seguintes dimensões: altura total do tubo 40 cm, altura do carvão na coluna 11 cm, diâmetro do tubo de 2,0 cm. O sistema foi operado com a vazão de 10 mL/min. A dosagem de coagulante empregada de 200 mg/L proporcionou uma remoção de turbidez igual a 79 %, o que levou a utilização do efluente tratado com essa dosagem nos testes posteriores de filtração em areia e carvão ativado. Os parâmetros que obtiveram maior percentual de remoção no sistema proposto foram: turbidez, sólidos voláteis, DQO e cloro residual com 99, 97, 92 e 89 % respectivamente. O efluente final aquí estudado foi classificado como de classe 3, podendo ser utilizado no reúso de descargas dos vasos sanitários, segundo NBR13969/1997.
Publicado
2020-06-29
Seção
Artigos