MONITORAMENTO DO PROCESSO DE PRODUÇÃO DE LINGUIÇA TOSCANA: UM ESTUDO DE CASO USANDO CONTROLE ESTATÍSTICO DE PROCESSO

  • José Airton Azevedo dos Santos Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFPR
  • Otaviano Universidade Tecnológica Federal do Paraná
  • Carla Universidade Tecnológica Federal do Paraná http://orcid.org/0000-0003-4098-5759

Resumo

Resumo: Atualmente, as indústrias de alimentos, em virtude da alta competitividade, buscam maior eficiência administrativa e operacional. O Controle Estatístico do Processo (CEP) é uma ferramenta que atua preventivamente sobre o processo produtivo, utilizando a estatística para assegurar a qualidade de processos e produtos industriais. Em um ambiente de produção, a qualidade melhora a confiabilidade, aumenta a produtividade e a satisfação dos clientes. Neste contexto, este trabalho objetivou analisar, por meio de técnicas de controle estatístico de processo, o processo de produção de linguiça toscana em uma empresa de alimentos. Observou-se, por meio de cartas de controle, que o processo de produção não apresenta causas especiais. Verificou-se que o calibre e o comprimento dos gomos da linguiça toscana apresentam um índice de capacidade Cpk abaixo de 0,33, o que classifica o processo de produção, para o período estudado, como muito incapaz.

Biografia do Autor

Otaviano, Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Departamento de Engenharia de Produção
Carla, Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Departamento de Engenharia de Produção (UTFPR)
Publicado
2020-06-29
Seção
Artigos