ANÁLISE DAS PROPRIEDADES MECÂNICAS DO CONCRETO DE ALTA RESISTÊNCIA COM AGREGADOS DE CONSTRUÇÃO E DEMOLIÇÃO

  • Jackson; Louise Deliz; Chiarello Ditz; Amaro IMED - Faculdade Meridional

Resumo

Resíduos de Construção e Demolição (RCD) são gerados na grande e muitas vezes desordenada indústria da construção civil brasileira. A reutilização desses materiais em concretos de alta resistência, que geram impactos ambientais consideráveis, é objetivo desse estudo. Para isso, propõe-se a substituição parcial do agregado miúdo e graúdo natural (areia de rio) pelo agregado reciclado disponível na região de aplicação deste estudo em diferentes proporções para um concreto de 80 MPa de resistência à compressão, avaliando-se a não só a resistência à compressão, mas também à tração e fixando o valor do abatimento no ensaio de Slump Test. Como resultados dos ensaios de caracterização desse agregado, observou-se a menor massa específica do agregado reciclado em relação ao natural e uma similar granulometria in natura, mas que em alguns pontos não se enquadrou dentro da faixa utilizável da NBR 7211:2009. A resistência à compressão teve redução de 37% a 69% quando utilizado agregado reciclado, dependendo da dosagem, fazendo com que algumas misturam ainda possam ser classificadas como de alta resistência, segundo a NBR 6118:2014. Em relação a resistência à tração, observou-se uma variação negativa de 5% a 50% em relação a mistura com agregados naturais, também dependendo da mistura analisada.

Biografia do Autor

Jackson; Louise Deliz; Chiarello Ditz; Amaro, IMED - Faculdade Meridional

Jackson Deliz Ditz: Engenheiro civil e mestre em engenharia de estruturas. Professor na Faculdade Meridional (IMED)

Louise Chiarello Amaro: Engenheira civil

Referências

ARAÚJO, D. L.; FÉLIX, L. P.; SILVA, L. C.; SANTOS, T. M. Influência de agregados reciclados de resíduos de construção em propriedades mecânicas do concreto. Revista Eletrônica Engenharia Civil. Vol. 11, n.1, p.16-34, 2016.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 7211. Agregados para concreto - Especificaçao. Rio de Janeiro, 2009.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 7222. Concreto e argamassa - Determinação da resistência à tração por compressão diametral de corpos de prova cilíndricos. Rio de Janeiro, 2011.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 5739. Concreto - Ensaio de compressão de corpos de prova cilíndricos. Rio de Janeiro, 2007.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 9776. Determinação da massa específica de agregados miúdos por meio do frasco Chapman - Método de ensaio. Rio de Janeiro, 1987.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6118. Projeto de estruturas de concreto - Procedimento. Rio de Janeiro, 2014.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR NM 248. Agregados - Determinação da composição granulométrica. Rio de Janeiro, 2014.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR NM 45. Agregados - Determinação da massa unitária e do volume de vazios. Rio de Janeiro, 2006.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR NM 53. Agregado graúdo - Determinação de massa específica, massa específica aparente e absorção de água. Rio de Janeiro, 2009.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR NM 67. Concreto - Determinação da consistência pelo abatimento de tronco de cone. Rio de Janeiro, 1998.

BRASIL. Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA). Ministério do Meio Ambiente. Resolução nº307, de julho de 2002. Alterada pelas Resoluções nº348, de 2004, nº431, de 2011 e nº448, de 2002. Brasília, 2002. Disponível em: . Acesso em 29 de maio de 2019.

FÉLIX, E.; FELICIANO, T.; DEZEN, B. G. S.; OLIVEIRA, I. Viabilidade técnica e econômica da produção de concreto com RCD. In: CONGRESSO BRASILEIRO DO CONCRETO, 14, Belo Horizonte, 2016. Anais… Belo Horizonte: IBRACON, 2016.

LEITE, M. B. Avaliação de propriedades mecânicas de concretos produzidos com agregados reciclados de resíduos de construção e demolição. Tese de doutorado. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil. Porto Alegre, 2001.

MEHTA, P. K.; MONTEIRO, P. J. M. Concreto: microestrutura, propriedades e materiais. 3ed. São Paulo: Ibracon, 2008.

OGAR, I. F. The effects of recycled aggregates on compressive strength of concrete. International Journal of Advanced Engineering Research and Science (IJAERS). Vol. 4, p.250-258, 2017.

PINTO, T. P.; GONZÁLES, J. L. R. Manejo e gestão de resíduos da construção civil. Manual de orientação. Vol. 1, 198p. Brasília, 2005.

TAM, V. W. Y.; SOOMRO, M.; EVANGELISTA, A. C. J. A review of recycled aggregate in concrete applications (2000-2017). Construction and Building Materials. Vol. 172, p.272-292, 2018.

VIEIRA, G. L. Estudo do processo de corrosão sob a ação de íons cloreto em concretos obtidos a partir de agregados reciclados de resíduos de construção e demolição. Dissertação de mestrado. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil. Porto Alegre, 2003.

YEHIA, S.; HELAL, K.; ABUSHARKH, A.; ZAHER, A.; ISTAITIYEH, H. Strength and durability evaluation of recycled aggregate concrete. International Journal of Concrete Structures and Materials. Vol. 9, n.2, p.219-239, 2015.

Publicado
2019-09-23
Seção
Artigos