MODELAGEM DO COMPORTAMENTO HIDRÁULICO DE MICROASPERSORES AO LONGO DA LINHA LATERAL

  • Marcos Vinícius da Silva Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Isabella Cristina Guerra Moreira Dias Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Gledson Luiz Pontes de Almeida Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Pedro Henrique Dias batista Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Rodes Angelo Batista da Silva Universidade Federal Rural de Pernambuco

Resumo

A irrigação localizada apresenta destaque no cenário mundial mostrando-se um mercado promissor, quando comparado aos outros sistemas. Assim, objetivou-se com este estudo avaliar o comportamento hidráulico do gradiente de pressão e do comprimento ao longo da linha lateral de dois emissores tipo microaspersor, utilizando o modelo de Wu & Gitlin. O dimensionamento do projeto foi feito a partir de simulações matemáticas para dois microaspersores (bocal amarelo e laranja). Para simulação do perfil de pressão ao longo da linha lateral, adotou o modelo de dimensionamento proposto por Wu & Gitlin, em que, foram calculados a descarga do emissor, a descarga total da linha lateral composta por 30 microaspersores, a viscosidade cinemática da água, a perda de carga, o fator de correção, a perda de carga no trecho e a perda de carga unitária. Sendo, então, obtido o diâmetro da linha lateral, o comprimento da linha lateral e a declividade. O microaspersor amarelo apresentou regime plenamente turbulento, logo, o de bocal laranja varia de instável a laminar. Conclui-se que o modelo aplicado se apresentou eficaz no dimensionamento do gradiente de pressão ao longo da linha lateral para os microaspersores de acordo com o comportamento hidráulico do sistema.

Biografia do Autor

Marcos Vinícius da Silva, Universidade Federal Rural de Pernambuco
Mestrando em Engenharia Agrícola pela Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE, campus de Recife. Atua na linha de pesquisa de Manejo de Atividades Agrícolas em Ambientes Protegidos. Bacharel em Engenharia Agrícola, pela Universidade Estadual de Goiás - UEG, campus de Santa Helena de Goiás, no ano de 2016. Atualmente faz parte do Grupo de Pesquisa em Ambiência (GPESA), no qual, desenvolve trabalhos voltados para a área de conforto térmico animal e compactação do solo, utilizando agricultura de precisão.
Isabella Cristina Guerra Moreira Dias, Universidade Federal Rural de Pernambuco
Universidade Federal Rural de Pernambuco – UFRPE, Doutoranda do Programa de Pós-graduação em Engenharia Agrícola. Rua Manuel de Medeiros, s/n, CEP: 52171-900, Dois Irmãos, Recife, PE.
Gledson Luiz Pontes de Almeida, Universidade Federal Rural de Pernambuco
Universidade Federal Rural de Pernambuco – UFRPE, Professor Doutor do Departamento de Engenharia Agrícola. Rua Manuel de Medeiros, s/n, CEP: 52171-900, Dois Irmãos, Recife, PE.
Pedro Henrique Dias batista, Universidade Federal Rural de Pernambuco
Universidade Federal Rural de Pernambuco – UFRPE, Doutorando do Programa de Pós-graduação em Engenharia Agrícola. Rua Manuel de Medeiros, s/n, CEP: 52171-900, Dois Irmãos, Recife, PE.
Rodes Angelo Batista da Silva, Universidade Federal Rural de Pernambuco
Universidade Federal Rural de Pernambuco – UFRPE, Mestranda do Programa de Pós-graduação em Engenharia Agrícola. Rua Manuel de Medeiros, s/n, CEP: 52171-900, Dois Irmãos, Recife, PE.

Referências

ALMEIDA, C. D. G. C. de.; BOTREL, T. A. Determinação do diâmetro de microtubos em irrigação localizada. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, v. 5, n. 3, 2010.

ALMEIDA, F. T.; MANTOVANI, E. C.; RAMOS, M. M.; SOARES, A. A.; MAENO, P. Eficiência de irrigação na cultura da banana no projeto Gorutuba. Revista Brasileira de Recursos Hídricos, v. 8, p. 187-193, 2003.

ANDRADE, M. G. de.; VILAS BOAS, M. A.; SIQUEIRA, J. A. C.; SATO, M.; DIETER, J.; HERMES, E.; MERCANTE, E. Uniformity microsprinkler irrigation system using statistical quality control. Ciência Rural, v. 47, n. 4, 2017.

BENÍCIO, F. R.; CARVALHO, C. M. de.; ELOI, W. M.; GONÇALVES, F. M.; BORGES, F. R. M. Performance of a system of irrigated conditions in culture of guava in Barbalha-CE. Revista Brasileira de Agricultura Irrigada, v. 3, n. 2, 2009.

BRALTS, V. F. Field Performance and evaluation: in Trickle Irrigation for Crop Production. Desing, Operation and Managemenet (Nakayama FS and Bucks SA, Eds.) Amsterdam. 1986.

CASTRO TEIXEIRA, A. H. de.; SILVA REIS, J. B. R. da.; LEIVAS, J. F.; SILVA, G. B. S. da.; STRUIVING, T. B. Componentes da produtividade da água modelados por sensoriamento remoto em limoeiros irrigados de Minas Gerais. Agrometeoros, v. 25, n. 1, 2018.

KELLER, J.; BLIESNER, R. D. Sprinkler and trickle irrigation (p. 652). 1990.

KELLER, J.; KARMELI, D. Trickle irrigation design parameters. Transactions of the ASAE, v. 17, n. 4, p. 678-0684, 1974.

SANTIAGO, F. dos S.; FREITAS, R. R. L.; BLACKBURN, R. M.; SILVA, N. C. G. da.; RIBEIRO, G.A.; NANES, M. B.; MONTENEGRO, A. A. A.; MONTENEGRO, S. M. G. L. Caracterização hidráulica de diferentes microaspersores para uso na agricultura familiar no Semiárido Nordestino. In: XXII Congresso Nacional de Irrigação e Drenagem, Cascavel, Paraná, 2012.

SANTOS, C. S. dos.; SILVA, P. F. da.; ALVES, E. S. da.; SANTOS, M. A. L. dos. Avaliação da uniformidade de distribuição de um sistema de irrigação por gotejamento. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 8, n. 3, p. 10-16, 2013.

SOUSA, V. D.; FOLEGATTI, M.; ARAGÃO, E.; REBELO, A.; BASTOS, E. Uniformidade de emissão de água em um sistema de irrigação por microaspersão instalado numa área cultivada com banana. In: Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola, Vol. 27, pp. 211-213, 1998.

SOUZA, M. A. de.; MESQUITA, A. C.; SIMÕES, W. L.; YURI, J. E. Rendimento e qualidade da cebola cultivada em condições semiáridas sob diferentes sistemas de irrigação. MAGISTRA, v. 29, n. 1, p. 64-70, 2018.

VILAS BOAS, R. C.; PEREIRA, G. M.; REIS, R. P.; LIMA JÚNIOR, J. A. D.; CONSONI, R. Viabilidade econômica do uso do sistema de irrigação por gotejamento na cultura da cebola. Ciência e Agrotecnologia, v. 35, n. 4, p. 781-788, 2011a.

VILAS BOAS, R. C.; PEREIRA, G. M.; SOUZA, R. J. de.; CONSONI, R. Desempenho de cultivares de cebola em função do manejo da irrigação por gotejamento. Revista Brasileira de Engenharia Agricola e Ambiental, v. 15, n. 2, 2011b.

WU, I. P.; GITLIN, H. M. Energy gradient line for drip irigation laterals. Journal of the Irrigation and Drainage Division, v. 101, n. 4, p. 323-326, 1975.

ZANELLA, M. E. Considerações sobre o clima e os recursos hídricos do semiárido nordestino. Caderno Prudentino de Geografia, n. 36, p. 126-142, 2014.

Publicado
2019-04-12
Seção
Artigos