Abordagem sobre um tema complexo de história: a relação entre finalidades da educação, poder e interesses

Antônio Marques do Vale

Resumo


Busca-se, neste artigo, analisar criticamente as finalidades da educação. Nas raízes de uma crítica ao escolanovismo, o texto aponta que o fenômeno social da propaganda perpassa todos os objetivos, interesses e realizações das elites de formação industrial-burguesa, controladoras do Estado moderno. O referencial gramsciano, enquanto favorece a interlocução com Chomsky e sua obra denunciadora, explicita a agressividade de um modelo de propaganda nos EUA, também ajuda a ver a propaganda como fato social extremamente abrangente. Os poderes populares, prevenidos contra a ideia de educação pura e asséptica, numa inteligente resistência, abraçarão posições proativas para avançar com projetos educativos não elitistas e não concentradores.

Palavras-chave: Finalidades da educação. Poder. Resistência.

Abstract

This article aims at analyzing the aims of education. From the criticism to the New School movement, the article suggests that the phenomenon of social propaganda prevails all aims, interests and achievements of the elite of industrial-bourgeois formation, which control the modern State. Gramsci's theory allows the interlocution with Chomsky and his denouncing work, it also explains the aggressiveness of an American model of propaganda and it also helps us understand propaganda as a comprehensive social factor. Popular power that is warned against the idea of a pure and aseptic education, through an intelligent resistance, will take proactive measures to advance by means of non-elitist and non-controlling educational projects.

Keywords: Aims of education. Power. Resistance.


Palavras-chave


Finalidades da educação. Poder. Resistência.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5212/PraxEduc.v.4i1.041050

 
 
Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.