Filosofia da educação a partir de outras paisagens: infâncias afro-brasileiras e pedagogia decolonial

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5212/PraxEduc.v.17.19434.013

Resumo

Neste artigo, tem-se o intuito de apresentar reflexões sobre uma filosofia da educação a partir da paisagem da infância e da pedagogia decolonial. Para tanto, como uns dos caminhos, defende-se habitar e ser habitado pela própria paisagem, pois é nesse movimento, de olhar para si mesmo e para seu entorno, que se pode encontrar a renovação das potências dos imaginários. Para isso, como plano de imanência, considera-se a paisagem da infância como mobilizadora da cena do texto, a partir de uma experiência vivida; problematiza-se o pensamento decolonial, desde a discussão do problema da tripla colonialidade (poder, ser, saber). Por fim, adentra-se o último tópico do texto, uma filosofia da educação decolonial relacionada ao imaginário; assim, a guerra de imaginário é o leitmotiv da disputa filosófica.

Palavras-chave: Infância afro-brasileira. Pensamento decolonial. Filosofia da educação.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Amanaiara Conceição de Santana Miranda, Universidade Federal da Bahia

Professora e coordenadora pedagógica da Rede Municipal de Ensino em Salvador, Bahia; pesquisadora do Núcleo de Pesquisa e Extensão em Culturas, Gêneros e Sexualidades (NuCus) da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e Núcleo de Estudos Africanos e Afro-brasileiros em Línguas e Culturas (NGEAALC) da Universidade do Estado da Bahia (UNEB); Doutora em Difusão do Conhecimento pela UFBA; Mestra em Estudos Interdisciplinares sobre Gênero, Mulheres e Feminismo pela UFBA; graduada em Pedagogia pela Faculdade de Educação da Bahia (FEBA).

Luís Carlos Ferreira dos Santos, Universidade Estadual de Feira de Santana

Professor do Departamento de Educação da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS); pesquisador da Rede Africanidades (UFBA); membro do Núcleo de Estudo Afro-brasileiro e Indígena (NEABI-UEFS); Doutor em Difusão do Conhecimento pela UFBA; Mestre em Educação pela UFBA; graduado em Filosofia pela UFBA.

Downloads

Publicado

2022-01-15

Como Citar

MIRANDA, A. C. de S.; SANTOS, L. C. F. dos. Filosofia da educação a partir de outras paisagens: infâncias afro-brasileiras e pedagogia decolonial. Práxis Educativa, [S. l.], v. 17, p. 1–12, 2022. DOI: 10.5212/PraxEduc.v.17.19434.013. Disponível em: https://revistas2.uepg.br/index.php/praxiseducativa/article/view/19434. Acesso em: 20 maio. 2022.

Edição

Seção

Dossiê: Relações étnico-raciais: práticas e reflexões pedagógicas