Para um ensino de Física afrocentrado no currículo do Ensino Médio Integrado de um Instituto Federal

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5212/PraxEduc.v.17.19347.021

Resumo

Neste trabalho, foi realizada uma análise documental com o objetivo de identificar como são tratados nos currículos de Física do Ensino Médio Integrado do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia, campus Eunápolis, os conteúdos de História e Cultura Afro-indígena. O referencial teórico está embasado nas teorias do currículo multicultural e decolonial e na afrocentricidade, além das bases curriculares nacionais para o ensino de Física no Ensino Médio profissional. As análises indicam que, diante da predominância de cálculos e da visão eurocêntrica de construção do conhecimento científico, não há, no currículo, nada sobre filosofia e história das ciências que contemple narrativas sobre grupos historicamente marginalizados. A construção de um currículo afrocentrado e decolonial atenderá as questões legais e históricas, além de uma problematização constante entre os professores de Física.

Palavras-chave: Currículo de Física. Afrocentricidade. Decolonial.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Jorge Dantas Junior, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia

Doutorando em Física (UFBA) na área de Cosmologia. Mestre em Física (UFBA) na área de Cosmologia. Graduado em Licenciatura e Bacharelado em Física (UFBA). Atualmente é Professor de Física do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia- IFBA, atuando nos níveis de Ensino Médio Integrado ao Técnico, Técnico Subsequente, Graduação. Tem interesse nas áreas de pesquisa: Ensino de Física, Cosmologia, Diversidade e Diferença.

Downloads

Publicado

2022-02-04

Como Citar

DANTAS JUNIOR, J. . Para um ensino de Física afrocentrado no currículo do Ensino Médio Integrado de um Instituto Federal. Práxis Educativa, [S. l.], v. 17, p. 1–16, 2022. DOI: 10.5212/PraxEduc.v.17.19347.021. Disponível em: https://revistas2.uepg.br/index.php/praxiseducativa/article/view/19347. Acesso em: 20 maio. 2022.

Edição

Seção

Dossiê: Relações étnico-raciais: práticas e reflexões pedagógicas