Contranarrativas Africanas: uma pesquisa-ação em resposta à construção de estigmas hegemônicos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5212/PraxEduc.v.17.19320.063

Resumo

Este artigo apresenta parte dos resultados de uma pesquisa-ação, desenvolvida em aulas de Língua Portuguesa, cujo objetivo central foi promover o conhecimento e a reflexão sobre o universo cultural africano apresentado em obras literárias africanas e afro-brasileiras. Participaram de uma intervenção 28 estudantes do 8º ano do Ensino Fundamental de uma escola da rede pública estadual paulista que, durante a fase diagnóstica, apresentaram concepções calcadas no preconceito e na subjugação de questões relacionadas ao entendimento da cultura africana e afro-brasileira. Na fase de ação-reflexão, foram organizadas Rodas Literárias e os adolescentes puderam conhecer e debater sobre diferentes aspectos da cultura africana, por meio de diferentes gêneros textuais. Na fase de avaliação, as narrativas e as contranarrativas, elaboradas pelos participantes desta pesquisa, indicaram como eles se apropriaram e passaram a compreender a diversidade étnico-racial existente em um país cada vez mais miscigenado e plural.

Palavras-chave: Pesquisa-ação. Noções étnico-raciais. Contranarrativas afro-brasileiras.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Elizângela Áreas Ferreira de Almeida, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”

Mestre em Educação pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp), campus de Marília, São Paulo. Professora de Educação Básica (Língua Portuguesa) da rede estadual paulista.

Eliane Giachetto Saravali, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”

Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Docente do Departamento de Educação e Desenvolvimento Humano e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Unesp, Campus de Marília, São Paulo.

Downloads

Publicado

2022-05-06

Como Citar

ALMEIDA, E. Áreas F. de; SARAVALI, E. G. Contranarrativas Africanas: uma pesquisa-ação em resposta à construção de estigmas hegemônicos. Práxis Educativa, [S. l.], v. 17, p. 1–23, 2022. DOI: 10.5212/PraxEduc.v.17.19320.063. Disponível em: https://revistas2.uepg.br/index.php/praxiseducativa/article/view/19320. Acesso em: 20 maio. 2022.

Edição

Seção

Dossiê: Relações étnico-raciais: práticas e reflexões pedagógicas