Educomunicação e alfabetização midiática: diálogos freireanos na América Latina

Resumo

Este artigo apresenta as contribuições do pensamento de Paulo Freire para os estudos sobre mídia e educação e a construção do conceito de Educomunicação. Para tanto, realizou-se um mapeamento das produções científicas sobre o tema na América Latina, com o intuito de levantar os principais fundamentos e autores recorrentes nas publicações analisadas e sua articulação com os pressupostos freireanos no campo da mídia-educação. Foi um estudo qualitativo, cujo percurso metodológico incluiu revisões sistemáticas e integrativas de artigos selecionados no portal de periódicos da Biblioteca Eletrônica Científica Online (SciELO) entre os anos de 2011 e 2019. A discussão sinaliza que o campo educomunicativo e sua atuação multidisciplinar surgiu e se consolidou a partir dos pressupostos de Paulo Freire sobre a interface comunicação/educação e se desenvolveu por meio de políticas públicas e práticas escolares que objetivavam a emancipação do sujeito. Palavras-chave: Paulo Freire. Mídia-educação. Educomunicação.

Biografia do Autor

Elizandra Jackiw, Univiersidade Federal do Paraná
Doutoranda em Educação. Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal do Paraná (2002). Especialização em Inovação em Projetos Pedagógicos-âmbito escolar e não-escolar. Especialização em Tecnologias Educacionais. Especialização em Educação a Distância. Mestrado em Educação pela Universidade Federal do Paraná (2011). Atualmente é professora substituta da Universidade Federal do Paraná e pedagoga no Ensino Fundamental. Tem experiência na área de Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: educação a distância, formação de professores, ensino-aprendizagem, comunicação-educação e educomunicação. 
Sônia Maria Chaves Haracemiv, Universidade Federal do Paraná
Mestrado em Educação e Ciências pela UFSC, Doutorado em História e Filosofia da Educação pela PUC-SP, Pós-Doutorado em Avaliação e Currículo na UNIRIO; Professora da UFPR, do Setor de Educação do Programa de Pós-Graduação em Educação, Linha Cognição, Aprendizagem e Desenvolvimento Humano. Programa de Pós-Graduação em Educação - Mestrado Profissional. Linha Formação da Docência e Fundamentos da Prática Educativa. Pesquisadora do Grupo de Estudos Pesquisa de Cognição, Aprendizagem e Desenvolvimento Humano - Coordenadora do Projeto de Pesquisa Vozes do Cárcere - Paz e não violência em busca de um novo modelo de gestão penal. Pesquisadora do Grupo de Estudos Pesquisa de Avaliação e Currículo - UNIRIO Pesquisadora Cnpq no Projeto Fundamentos e Autores Recorrentes do Campo da Educação de Jovens e Adultos no Brasil: a construção de um glossário eletrônico. Coordenadora do Eixo EJA e Tecnologias do EPEJA. Membro da Comissão Permanente para Elaboração, Implementação e Implantação da Política Estadual de Atenção às Mulheres Privadas de Liberdade e Egressas do Sistema Penal do Paraná - PEAME. Pesquisadora da Rede Internacional Luso-Brasileira de Pesquisa Colaborativa em Educação de Jovens, Adultos e de Pessoas Idosas ? BRASILUEJA, Brasil, Portugal, Espanha e México. Vice-Coordenadora do Observatório Social Saúde em Instituições Prisionais e Justiça Criminal
Publicado
2021-03-12
Seção
Dossiê: Paulo Freire (1921-2021): 100 anos de história e esperança