Educação, Utopia e Paulo Freire

Resumo

A abordagem Educação, Utopia e Paulo Freire deriva de uma pesquisa de Mestrado intitulada Educação, utopia e sonho: contrapontos da Pedagogia Empreendedora. Nela, além das abordagens conceitual e política, realizou-se uma investigação no material didático da Pedagogia Empreendedora de Fernando Dolabela, que foi implementado na Rede Municipal de Ensino de Londrina, Paraná, no ano de 2011. A partir da discussão acerca do empreendedorismo na Educação é que Paulo Freire passou a compor o escopo da discussão e a promover reflexões de tais conceitos. A intenção deste artigo, portanto, é relacionar o período de fala do autor com a atualidade e aproximá-los do debate da educação escolar para, posteriormente, assumir, por meio do trabalho do professor, o compromisso de libertação dos indivíduos alienados. Essa é a Utopia defendida pelo autor, que se constrói pelo compromisso da escola e da sociedade. Palavras-chave: Educação. Utopia. Paulo Freire.

Biografia do Autor

Izadora Maleski Serrano Alves, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP/Marília)
Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Londrina com pesquisa sobre História e Ensino de História (2012/2014). Tema da Pesquisa: Educação, Sonho e Utopia. Pedagoga, formada pela Universidade Estadual de Londrina no ano de 2011. Bacharel em Comunicação Social com habilitação em Relações Públicas também pela Universidade Estadual de Londrina (2002), com especialização em Comunicação Integrada de Marketing na mesma instituição (2005). Docente de anos iniciais do Ensino Fundamental da Rede Municipal de Londrina 2000/2012. Diretora de Escola na Rede Municipal de Ensino de Marília ? SP desde agosto/2012. Experiência com educação à distância pela Universidade Norte do Paraná (Unopar-Londrina) Membro do Grupo de Pesquisa Estado, Políticas Públicas e Gestão da Educação e do Projeto História e Ensino de História da Universidade Estadual de Londrina . Linhas de Pesquisa: Políticas Educacionais, Gestão da Educação e Ensino de História (2012-2014). Membro do Projeto HISPED - História de Sucessos Pedagógicos promovido pelo departamento de Educação da Universidade Estadual de Londrina e coordenado pela Profa. Dra. Sandra Regina Ferreira de Oliveira. Membro do GEPEDEI: Grupo de Estudos e de Pesquisa em Especificidades da Docência na Educação Infantil (Unesp de Marília - coordenado pela Prof. Dra. Elieuza Aparecida de Lima). Atualmente, dedica-se a estudar e promover a formação de professores de Educação Infantil. Colaboradora na elaboração da Proposta Curricular da Educação Infantil do Município de Marília como coordenadora de um grupo de trabalho.
Sandra Regina Ferreira de Oliveira, Universidade Estadual de Londrina (UEL)
Possui graduação em História pela Universidade Estadual de Londrina, mestrado em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas e Pós-Doutorado em Educação, Conhecimento e Sociedade pela Facultad Latinoamericana de Ciencias Socialies ? FLACSO ? Buenos Aires. Professora associada da Universidade Estadual de Londrina. Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Educação da UEL. Membro do grupo de pesquisa História e Ensino de História. Atua como colaboradora do Programa LAI - Laboratório dos Anos Iniciais da UEL. Membro do Conselho Consultivo da Associação Brasileira de Ensino de História. Membro do Conselho Fiscal da Associação do Movimento de Artistas de Rua de Londrina. Participou do Programa Nacional do Livro Didático em várias funções no período de 2003 à 2018. Coordenou o PIBID/Pedagogia (2011 -2013). Atuou na equipe de gestão do PIBID da UEL no período de 2014 - 2018. Trabalha com o Ensino de História e Educação com experiência, especialmente, nos temas: ensino de História nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental; formação de professores; livro didático, ensino e aprendizagem sobre as cidades.
Publicado
2021-03-31
Seção
Dossiê: Paulo Freire (1921-2021): 100 anos de história e esperança