O diálogo como experiência constituinte na formação inicial do professor de Matemática

Resumo

Baseado nas premissas freireanas, este trabalho explicita a relevância dialógica na formação inicial docente, sendo resultante de uma experiência desenvolvida no contexto do Estágio Supervisionado com 14 licenciandos do curso de Matemática da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB). Nesta investigação, o diálogo assume a condição de categoria teórica, e os pressupostos metodológicos estão fundamentados na abordagem qualitativa. As reflexões oriundas deste momento dialógico evidenciam a importância do contato de professores em formação com profissionais mais experientes e fortalecem o Estágio Supervisionado como oportunidade de contato com práticas e saberes diversificados, além do conhecimento da complexidade que permeia a escola.

Palavras-chave: Diálogo freireano. Estágio Supervisionado. Formação inicial do professor de Matemática.

##plugins.generic.paperbuzz.metrics##

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Francisco Jeovane do Nascimento, Secretaria da Educação Básica do Ceará (SEDUC/CE)/Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Licenciado em Matemática pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA/CE); Especialista em Ensino de Matemática pela Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE); Mestre e Doutorando em Educação pela Universidade Estadual do Ceará (UECE); Integra o Grupo de Pesquisa Docência no Ensino Superior e na Educação Básica (GDESB); Desenvolve estudos sobre professores em início de carreira, desenvolvimento profissional docente, processos de ensino e aprendizagem em Matemática; Professor da rede estadual de ensino do Ceará (SEDUC/CE).

Eliziane Rocha Castro, Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Mestra e Doutoranda em Educação pela Universidade Estadual do Ceará (UECE); Coordenadora do Núcleo de Formação Continuada da Secretaria de Educação de Raposa/MA; Bolsista da Fundação Cearense de Apoio à Pesquisa (FUNCAP).

Luciana Rodrigues Leite, Universidade Estadual do Ceará (UECE)/Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA/CE)

Mestra e Doutoranda em Educação pela Universidade Estadual do Ceará (UECE); Professora Assistente do curso de Química na Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA/CE).

Maria Socorro Lucena Lima, Universidade Estadual do Ceará (UECE)/Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB)

Pós-Doutora em Educação pela Universidade de São Paulo (USP); Professora e Pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Ceará (UECE); Professora Visitante na Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB).

Publicado
2021-05-03
Seção
Dossiê: Paulo Freire (1921-2021): 100 anos de história e esperança