Paulo Freire e a resistência à naturalização da ordem social vigente

Resumo

Este trabalho teve por objetivo examinar a importância e a utilização do legado de Paulo Freire para a compreensão da natureza da educação, dos condicionamentos históricos sociais da escola e da relação prática pedagógica-prática social. Para tanto, analisamos um acontecimento discursivo ocorrido em instituições de ensino da cidade de Maceió, Ceará. Para proceder à referida análise, além da teoria freireana, apoiamo-nos nos pressupostos teórico-metodológicos da Análise do Discurso, fundada na França, por Michel Pêcheux, ancorada no Materialismo Histórico-Dialético. A partir do caso analisado, demonstramos que, ao contrário das acusações que atribuem às ideias freireanas a responsabilidade pelos resultados negativos da educação brasileira, o que existe é a total ausência das referidas ideias na realidade concreta das escolas brasileiras na atualidade. Essa constatação reafirma a importância de sua obra como ponto de resistência contra políticas conservadoras e práticas pedagógicas excludentes. Palavras-chave: Paulo Freire. Educação. Discurso.
Publicado
2020-11-30
Seção
Dossiê: Paulo Freire (1921-2021): 100 anos de história e esperança