Abordagem freireana na educação escolar e não-escolar: uma mediação educativa/pedagógica que conscientiza

Resumo

Este ensaio fenomenológico Merleau-pontyano compartilha dimensões fundamentais do legado de Paulo Freire para a educação escolar e não-escolar. Trata das mediações/estratégias metodológicas populares que promovem a construção dialógica do conhecimento e da conscientização. O objetivo é apresentar aspectos relevantes dessa problematização histórico-epistemológica a partir de leituras, de estudos e de pesquisas realizadas pelo Grupo de Pesquisa Mediação Pedagógica e Cidadania da Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS, coordenado pelo Prof. Dr. Danilo Streck. O diálogo articula leituras freireanas com discussões de Gohn (2006). Evidencia-se o desafio da necessária interface entre os espaços escolares e não-escolares para fortalecer o potencial emancipatório do legado teórico-metodológico freireano nos distintos tempos-lugares pedagógicos.

Palavras-chave: Educação não-escolar. Educação escolar. Abordagem freireana.

##plugins.generic.paperbuzz.metrics##

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Luciane Rocha Ferreira Pielke, Universidade Federal de Mato Grosso

Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT). Mestra em Educação pela UFMT. Doutora em Educação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS/São Leopoldo-RS).

Publicado
2021-03-16
Seção
Dossiê: Paulo Freire (1921-2021): 100 anos de história e esperança