Pensamento educacional brasileiro em Portugal: Paulo Freire na formação de professores e em publicações acadêmico-científicas

Resumo

O estudo buscou compreender a presença do pensamento educacional brasileiro em Portugal em cursos de formação de professores e na produção científica de periódicos educacionais. Adotou-se como procedimentos metodológicos a pesquisa documental, analisando as unidades curriculares de cursos de licenciaturas e mestrados em ensino de universidades portuguesas, bem como artigos científicos publicados no período de 2006 a 2019 em periódicos vinculados também a universidades portuguesas. Tomaram-se como referenciais teóricos os estudos de Roger Chartier sobre circulação e apropriação de modelos culturais e saberes pedagógicos e os de Pierre Bourdieu ao discutir-se acerca das noções de campo cultural e processos de interpretação gerados na relação com os poderes e as influências exteriores. Os resultados apontaram a significativa presença da produção bibliográfica de Paulo Freire e a apropriação de suas concepções filosóficas, sociológicas e pedagógicas no contexto português.

Palavras-chave: Paulo Freire. Formação de professores. Circulação de ideias pedagógicas.

##plugins.generic.paperbuzz.metrics##

Carregando Métricas ...
Publicado
2021-02-16
Seção
Dossiê: Paulo Freire (1921-2021): 100 anos de história e esperança