Trabalho docente, gênero e políticas neoliberais e neoconservadoras: uma leitura crítica da Base Nacional Comum de formação de professores da Educação Básica

Resumo

Este artigo identifica, descreve e analisa transformações no trabalho docente no contexto brasileiro atual frente ao avanço de políticas neoliberais e neoconservadoras. Para tanto, assume-se como objeto privilegiado de análise a Proposta para Base Nacional Comum de Formação de Professores da Educação Básica (BNCFP – BNC Formação – BNC Professores). A leitura crítica é fundamentada nos estudos em docência, nos estudos de gênero e na teoria social contemporânea, especialmente naquelas abordagens relacionadas ao capitalismo cognitivo e ao neoliberalismo como racionalidades organizadoras dos modos de vida e das relações de trabalho. As análises apontam para a intensificação de uma agenda educacional voltada de forma cada vez mais expressiva para a constituição de uma docência padronizada, generalista e polivalente. Ao mesmo tempo, torna-se possível multiplicar os sentidos produzidos pela BNCFP para criar alternativas pedagógicas a partir de novas formas de interpretar a docência no século XXI, definindo-a como um exercício de amor pedagógico. Palavras-chave: Trabalho docente. Gênero. Base Nacional Comum.

Biografia do Autor

Maria Cláudia Dal'Igna, Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos
Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos). Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). 
Renata Porcher Scherer, nstituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense (IFSul)
Professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense (IFSul). Doutora em Educação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos).                           
Miriã Zimmermann da Silva, Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos)
Coordenadora Pedagógica da Secretaria Municipal de Educação de Morro Reuter/RS. Doutoranda em Educação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos).       
Publicado
2020-06-18
Seção
Seção Temática: Políticas conservadoras na Educação Básica