Estudo de caso sobre um processo de desescolarização marcado pelo fracasso entre escola e família

Resumo

Este artigo apresenta o estudo de caso de um processo de desescolarização de um aluno do 6º ano do Ensino Fundamental II da rede pública de ensino do Distrito Federal e sob o referencial teórico da psicanálise. A metodologia de pesquisa ocorreu a partir da observação participante na qual foi possível interagir com os sujeitos envolvidos na pesquisa por meio da transferência e, durante a escrita, na análise dos textos escritos e artísticos do sujeito do estudo. O ano letivo no qual ocorreu a desescolarização, o qual foi acompanhado, foi marcado por conflitos entre o sujeito, a escola e a família, evidenciando um fracasso na relação das instituições escola e família. Questões acerca da diferença entre os saberes caseiros e epistemológicos permeiam as análises do caso e culminam em um resultado inconclusivo e complexo quanto aos efeitos dessa desescolarização. Palavras-chave: Desescolarização. Professor. Saber epistemológico.
Publicado
2020-06-27
Seção
Dossiê: Homeschooling: controvérsias e perspectivas